HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
02 jan 2017 - 09:52
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Poluição na China fecha estradas e faz voos serem cancelados

Grandes partes do norte do país eram atingidas por uma poluição vista como perigosa. 24 cidades chinesas emitiram alertas vermelhos devido à poluição.


A forte poluição ao norte da China neste domingo (1º) levou ao cancelamento de centenas de vôos e ao fechamento de estradas logo no primeiro dia do feriado de Ano Novo.




Cidades do norte do país foram atingidas por uma poluição vista como perigosa em meados de dezembro, o que já havia levado autoridades a ordenar o fechamento de centenas de fábricas e a restringir a circulação de veículos para cortar as emissões de poluentes.





O último ataque da poluição do ar começou na sexta-feira (30/12) e deverá persistir até a quinta-feira (05/01), embora deva haver uma leve melhora na segunda-feira (02), último dia do feriado de Ano Novo.





Em Pequim, 126 vôos foram cancelados no principal aeroporto da cidade, e todos ônibus para cidades vizinhas foram suspensos, de acordo com a agência estatal de notícias Xinhua.





A concentração média de pequenas partículas respiráveis, conhecidas como PM2.5, era maior que 500 microorganismos por metro cúbico em Pequim, ou 50 vezes mais que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde.





Em Tianjin, metrópole mais próxima de Pequim, a poluição não era tão séria, mas a visibilidade piorou muito, e mais de 300 vôos foram cancelados no aeroporto local, sem expectativa de que as condições melhorem no curto prazo, segundo o governo da cidade.





A Xinhua disse que estradas de entrada e saída da cidade também foram fechadas.





No total, 24 cidades chinesas emitiram alertas vermelhos devido à poluição dessa vez, o que leva a medidas como limitação no uso de carros e fechamento de fábricas. Outras 21 cidades emitiram alertas laranja, incluindo Pequim e Tianjin.





A China começou uma "guerra à poluição" em 2014 em meio a preocupações com sua reputação global, mas o país tem enfrentado dificuldades para resolver efetivamente o problema.





As províncias ao norte do país dependem principalmente da queima de centenas de milhões de toneladas de carvão todos os anos para se aquecer ao longo do duro inverno local.


Fonte: Reuters



ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19 mai 2022

Decreto cria mercado regulador de crédito de carbono no Brasil

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

ONU lança plano para impulsionar uso de energias renováveis

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

Por que engolimos o que a indústria petroleira e os ambientalistas nos dizem?

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

O biodiesel pode ajudar a combater as desigualdades de saúde em comunidades carentes de Justiça Ambiental

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

Dez países que estão recuando nas políticas para biocombustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO