HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
19 dez 2016 - 11:33
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Poluição do ar segue alarmante no norte da China

Concentração de poluentes supera limite estabelecido pela OMS em ao menos 23 cidades. Autoridades cancelam voos e adotam restrições para evitar que situação piore ainda mais.A concentração de gases poluentes em ao menos 23 cidades do norte da China atingiu níveis ainda mais preocupantes nesta segunda-feira (19/12), durante o terceiro dia do alerta vermelho de cinco dias decretado pelo país devido à qualidade do ar.

Em Shijiazhuang, capital da província de Hebei, os níveis de partículas poluentes subiram para mil microgramas por metro cúbico, informou a agência de notícias estatal Xinhua. O nível de exposição diária máximo é de 25 microgramas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).








Na capital do país, Pequim, onde os níveis de poluentes estavam em 212 microgramas por metro cúbico na manhã desta segunda-feira, o cenário é bem diferente do habitual: ruas e lugares públicos vazios e trânsito com baixa circulação de veículos. Enquanto isso, o nevoeiro cinzento de poluição predomina sobre a cidade.


Alerta vermelho


Por causa da poluição excessiva do ar, o governo chinês adotou desde a sexta-feira passada uma série de restrições e medidas para impedir que o problema aumente ainda mais e para evitar a exposição dos cidadãos aos gases tóxicos.


Entre as medidas adotadas estão um sistema de rodízio de carros, a interrupção de obras de construção civil e de linhas de produção nas indústrias. O governo também sugeriu que empresas e instituições públicas ajustassem o tempo de trabalho ou pedissem aos funcionários que trabalhassem de casa.


Este é o segundo alerta vermelho decretado pela China. O primeiro foi há um ano, depois de o governo ter adotado uma escala de cores - sendo a vermelha a mais grave - para monitorar o nível de poluição no país. Este alerta pode ser emitido se houver a previsão de que um nevoeiro de gases tóxicos possa durar mais de 72 horas.


De acordo com o órgão de proteção ambiental chinês, os alertas por causa da poluição são cada vez mais comuns nas províncias do norte da China, onde está localizado o coração da indústria no país. As taxas de gases poluentes são maiores nesta época, durante o inverno, quando a queima de carvão para eletricidade e aquecimento também é maior.


Fonte: Deutsche Welle 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19 mai 2022

Decreto cria mercado regulador de crédito de carbono no Brasil

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

ONU lança plano para impulsionar uso de energias renováveis

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

Por que engolimos o que a indústria petroleira e os ambientalistas nos dizem?

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

O biodiesel pode ajudar a combater as desigualdades de saúde em comunidades carentes de Justiça Ambiental

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

Dez países que estão recuando nas políticas para biocombustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO