HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
25 jul 2022 - 17:50
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Município de Minas Gerais inicia campanha para transformação de óleo de cozinha usado em biodiesel

O município de Juiz de Fora, em Minas Gerais, iniciou, na última sexta-feira (dia 22), a campanha “Óleo no Futuro”, resultante da parceria entre múltiplas instituições e órgãos. Segundo o noticiário Tribuna de Minas, a iniciativa promoverá a transformação de óleos e gorduras residuais (OGR) em biodiesel – combustível renovável capaz de substituir a utilização de combustíveis fósseis, que são geradores de gases poluentes.


O projeto consiste em uma maneira de realizar a destinação correta do óleo de cozinha usado, diminuindo, assim, os impactos ambientais e possibilitando que o planeta seja preservado para as próximas gerações.


ob esse viés, o 4° maior município de Minas Gerais contará, a partir desta segunda-feira (dia 25), com 18 pontos de coleta (apresentados ao final desta matéria) para que a população possa descartar adequadamente o óleo usado. Depois, o material será direcionado para a produção do biodiesel.


É importante destacar que, conforme as orientações, o óleo deve ser colocado em garrafa pet bem fechada, a fim de evitar vazamentos.


A campanha é exercida pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e pela Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe), em parceria com cinco associações locais de catadores de materiais recicláveis, sendo elas: a Associação Municipal de Catadores de Papel e Materiais Reaproveitáveis de Juiz de Fora (Ascajuf); Associação Lixo Certo (Alcer); Associação de Catadores Coleta Seletiva JF (Accs); Associação dos Catadores de Papéis e Resíduos Sólidos de Juiz de Fora (Apares) e a Associação Deus é Maior (Adem).


Como ocorrerá a produção do biocombustível?
A produção do biodiesel será feita através de uma usina de processamento Fuelmatic GSX3, fabricada pela Green Fuels e cedida de forma não onerosa pelo Prosperity Fund do governo britânico. Ela está instalada no Centro Integrado de Ensino, Pesquisa, Extensão, Transferência de Tecnologia e Cultura (Cieptec-UFJF Norte), no Distrito Industrial de Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais.


A sua tecnologia é suficiente para o fornecimento de biodiesel de alta qualidade, com quantidades insignificantes de água, sabão e impurezas, sendo o combustível certificado para uso em vários países.


A capacidade do processador permite que três mil litros de óleo de fritura usado sejam convertidos, diariamente, em três mil litros de biodiesel. Caso seja operado em capacidade máxima, levando em conta eventuais interrupções na produção para a manutenção, ele pode gerar até um milhão de litros anuais de biocombustível.


Durante a primeira etapa, os veículos da UFJF e da Empresa Municipal de Pavimentação e Urbanidades (Empav) poderão usufruir do combustível renovável.


No lançamento, ocorrido na sexta-feira, a prefeita da cidade de Juiz de Fora (Minas Gerais) – Margarida Salomão (PT) – classificou a iniciativa como uma “parceria inovadora”. De acordo com ela, a expectativa é de que sejam atraídos investimentos internacionais graças à inteligência deste arranjo.


Margarida destacou, ainda, que, por um lado, há o envolvimento da ciência no projeto, com a universidade. Por outro, há as associações de catadores, reconhecidas como agentes econômicos de muita importância. Assim, o intermédio da prefeitura e a parceria com a Inglaterra são capazes de guiar o município, o estado de Minas Gerais e o país em direção à transformação.


Fonte: Click Petróleo e Gás

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
18 ago 2022

Método disponibiliza dados de pegada de carbono em nível municipal

+
SAIBA MAIS
16 ago 2022

Estados Unidos na vanguarda da crise climática novamente

+
SAIBA MAIS
12 ago 2022

Congresso Nacional será decisivo para Brasil retomar expansão dos biocombustíveis, diz FPBio

+
SAIBA MAIS
12 ago 2022

Biocombustível é opção para diminuir dependência do petróleo

+
SAIBA MAIS
10 ago 2022

Dia Internacional do Biodiesel: como o sustentável biocombustível é produzido

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO