HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
23 fev 2024 - 12:57
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Lucro da 3tentos cresceu em 2023 mesmo com queda das commodities

A queda no preço das commodities e dos insumos agrícolas não abalou os resultados financeiros da gaúcha 3tentos. A companhia teve um lucro líquido 0,5% maior em 2023, de R$ 573,8 milhões, e viu sua receita líquida aumentar 30,7%, para R$ 9 bilhões.


 


Indústria


O destaque foi o segmento da indústria, cujo faturamento cresceu 56,2% em 2023, com o início das operações de processamento de soja em Vera (MT) em julho do ano passado. O volume total de soja processada pela companhia aumentou 80%. A produção de biodiesel cresceu 93%, para 334,7 mil metros cúbicos, e a de farelo e óleo, 79%, para 1,27 milhão de toneladas.


A receita operacional líquida do segmento foi de R$ 1,66 bilhão. “Temos uma indústria de alta performance, que suportou os problemas pontuais de outros setores”, disse à reportagem, Luiz Osório Dumoncel, CEO da 3tentos.


A companhia tem três indústrias em operação e anunciou o investimento de R$ 1,04 bilhão em uma unidade de etanol de milho e DDG no Vale do Araguaia (MT) no mês passado.


Na área de originação de grãos, a baixa de 20% nos preços médios da soja, milho e trigo foram ruins para a companhia, mas foram compensados pelo incremento no volume total de vendas de 68%. A receita operacional do segmento foi de R$ 1,8 bilhão no ano passado, com crescimento de 31%.
 


Originação


Segundo Dumoncel, a originação de soja aumentou 55%; a de milho, 167%; e a de trigo, 30%. “A maior queda dos preços foi em trigo, porque a safra gaúcha apresentou uma qualidade ruim e afetou as negociações”. O Rio Grande do Sul ainda representa 80% do faturamento da 3tentos.
 


Insumos


A quebra da safra gaúcha, aliás, foi o que manteve o faturamento estável no setor de insumos. “Em 2023, produtores gaúchos deixaram de utilizar insumos em janeiro e fevereiro devido à estiagem, a segunda seguida para o Estado. Ficamos com o estoque acima do ideal”, afirmou Dumoncel.


Não bastasse isso, as sementes e fertilizantes haviam sido comprados na esteira da Guerra na Ucrânia, com preços mais altos do que os comercializados com os produtores. “Levamos três trimestres para diluir esse prejuízo”, comentou. O preço médio dos defensivos caiu 25% no ano e o dos fertilizantes, 37%.


A receita operacional do segmento ficou em R$ 2,5 bilhões em 2023, com alta de 0,3%. Ainda que os preços tenham impactado negativamente, as vendas, em volume, cresceram 33% em sementes, 48% em fertilizantes e 33% em defensivos.


No ano, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da 3tentos caiu 13,2%, para R$ 449,3 milhões.
 


Perspectivas


Dumoncel enxerga um ano promissor em 2024, com a recuperação da colheita de soja no Rio Grande do Sul. “Ainda que a safra geral apresente quebra, o Estado terá talvez uma temporada recorde, com 22 milhões de toneladas. As lavouras estão lindas e a colheita deve começar em meados de março.”


Além disso, a região Médio-Norte em que a empresa atua em Mato Grosso foi menos afetada pela estiagem. “São 5 milhões de hectares próximos a BR-163, cujos plantios precoces foram prejudicados, com produtividade de 25 sacas por hectares, mas que depois foram replantados e se recuperaram”, afirma Dumoncel. Com cerca de 60% da área colhida na região, a perspectiva é que a produtividade fique entre 50 e 70 sacas de soja por hectare.


O executivo também acredita no crescimento da empresa baseado na inauguração de novas lojas em Mato Grosso, que faz parte do plano de investimento de R$ 2 bilhões até 2030, anunciado pela empresa no mês passado.


 


Fonte: Globo Rural

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16 abr 2024

Previsibilidade e segurança jurídica: APROBIO destaca importância do PL Combustível do Futuro em audiência no Senado

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Planeta bate novo recorde de calor e especialistas explicam preocupação

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Aquecimento global vai parar na Justiça: crescem casos de litigância climática contra desmatadores

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Deputado diz que Petrobras tenta “pegar carona” no Combustível do Futuro

+
SAIBA MAIS
15 abr 2024

Combustível do Futuro terá investimentos de R$ 200 bi, diz Alceu Moreira

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO