HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
14 fev 2024 - 14:35
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Biodiesel e as oportunidades de futuro

Por Alceu Moreira, deputado federal (MDB-RS) e presidente da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel


O Congresso Nacional retoma suas atividades em fevereiro com uma importante pauta para o desenvolvimento do país: o Combustíveis do Futuro (PL 4.516/2023), que estabelece um marco para a expansão dos biocombustíveis e a renovação da matriz energética.


Esta é uma agenda alinhada com os interesses globais, agregando investimentos e novas tecnologias para elevar a qualidade de vida de todos. Além do caráter ambiental, o projeto possui um viés econômico e social de extrema importância para as cadeias produtivas.


O biodiesel, por exemplo, envolve milhares de produtores da agricultura familiar através do Selo Social. De cada quilo de soja esmagado para a sua produção, apenas 20% se transforma em óleo para consumo humano e produção de combustível. O restante é farelo, componente essencial para a fabricação de rações e agregação de valor à proteína animal. Assim como também há uma grande quantidade de outros grãos, e do próprio sebo descartado todos os dias, que acaba virando energia limpa.


Com a decenalidade, segurança jurídica e previsibilidade estabelecidas em lei, vamos garantir um ambiente seguro para os investidores e, ao mesmo tempo, a inclusão produtiva para as regiões mais longínquas do Brasil a partir do melhor aproveitamento da soja e de outras matérias-primas.


No último ano, a Frente Parlamentar do Biodiesel não mediu esforços para viabilizar o avanço da matéria. Tanto no Poder Executivo quanto nas duas Casas Legislativas, a sinalização tem sido positiva. Foi assim em dezembro, quando o Conselho Nacional de Política Energética deliberou pelo aumento da mistura de biodiesel ao óleo diesel de 12% para 15% até 2025. Até março de 2023, esse percentual era de 10%.


Atualmente, o Combustíveis do Futuro está sob a relatoria do deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), figura competente e qualificada para dar o devido andamento. Enquanto isso, as perspectivas para o setor seguem promissoras, projetando mais de R$ 20 bilhões em novos investimentos em curto prazo.


O biodiesel, bem como o hidrogênio verde, o etanol e outros biocombustíveis, representa a valorização da produção nacional, um impulso para a geração de empregos, proporcionando mais renda para o campo e novas oportunidades para o futuro.


 


Fonte: Zero Hora

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16 abr 2024

Previsibilidade e segurança jurídica: APROBIO destaca importância do PL Combustível do Futuro em audiência no Senado

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Planeta bate novo recorde de calor e especialistas explicam preocupação

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Aquecimento global vai parar na Justiça: crescem casos de litigância climática contra desmatadores

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Deputado diz que Petrobras tenta “pegar carona” no Combustível do Futuro

+
SAIBA MAIS
15 abr 2024

Combustível do Futuro terá investimentos de R$ 200 bi, diz Alceu Moreira

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO