HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
14 jun 2024 - 10:33
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Alexandre Silveira reforça papel mundial do Brasil na transição energética

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, participou na noite desta segunda-feira (3/6), em São Paulo, do CNN Talks. O encontro reuniu autoridades governamentais, empresários e especialistas e debateu os próximos passos para a Transição e Transformação Energética no Brasil. Na ocasião, o ministro destacou o papel mundial do Brasil nesses importantes processos e reforçou a pluralidade da matriz elétrica brasileira.


“Eu tenho tido a experiência de poder fazer esse debate, inclusive fora do país. Ninguém tem dúvida de que o Brasil já é reconhecido como quem já faz a transição energética, que tem 88% de energia elétrica, limpa e renovável, que já investiu nas suas hidrelétricas tão importantes e que fez a transformação com energia solar no Jequitinhonha, Mucuri e norte de Minas Gerais e Nordeste brasileiro. Continuarmos firmes para que a gente possa avançar ainda mais nas políticas públicas que já nos coloca como líder da transição energética global”, reforçou Alexandre Silveira.


De acordo com o ministro de Minas e Energia, o Brasil é conhecido no mundo pelas características de ser bem colocado do ponto de vista geopolítico, em uma região que não tem maiores problemas com países vizinhos. Segundo ele, o país tem segurança jurídica e regulatória reconhecidas no mundo, que preza por previsibilidade, além das potencialidades naturais.


“Eu tenho dito que a prova de que o Brasil está pronto para investimentos foram os leilões de transmissão, um sucesso absoluto e tremendo. O que nós precisamos agora, e eu tenho dito ao presidente Lula, é dar celeridade aos licenciamentos ambientais, tão importante para destravar, dentro da nossa legislação, mais de 300 mil empregos diretos e indiretos, só em transmissão”, ressaltou o ministro.


Alexandre Silveira também falou do importante papel social da transição energética. “Nós precisamos de combater miséria, fome e desigualdade. E como é que nós vamos fazer isso? Gerando emprego e renda de qualidade. E nós vamos fazer isso com investimentos nacionais e internacionais, a fim de que a gente possa construir um Brasil mais justo, mais solidário, mais fraterno, que presidente Lula tanto trabalha para construir rapidamente”, finalizou.


 


Fonte: Ministério de Minas e Energia

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
15 jul 2024

Produção de etanol e de biodiesel volta a crescer e bate recorde

+
SAIBA MAIS
15 jul 2024

Descubra como é feito o biodiesel

+
SAIBA MAIS
15 jul 2024

ANP aprova comercialização de bunker com biodiesel pela Petrobras

+
SAIBA MAIS
12 jul 2024

ANP autoriza comercialização de combustível marítimo com biodiesel

+
SAIBA MAIS
12 jul 2024

Reforma tributária: relatório garante diferencial entre combustível fóssil e biocombustível

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO