HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
10 ago 2021 - 16:21
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

A liderança do setor de biocombustíveis e o avanço do Biodiesel no Brasil - Artigo de Bento Albuquerque

A liderança do setor de biocombustíveis e o avanço do Biodiesel no Brasil - Artigo de Bento Albuquerque
Bento Albuquerque, Ministro de Minas e Energia

Ao longo desses últimos anos, a maturidade do setor de biodiesel se reflete no aumento contínuo da produção, que atingiu o expressivo volume comercializado de 6,4 bilhões de litros em 2020.


Artigo de Bento Albuquerque, Ministro de Minas e Energia


As comemorações dos 10 anos da Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (APROBIO) trazem a oportunidade para refletirmos sobre os desafios e a liderança do Brasil no setor de biocombustíveis ao longo das últimas décadas.


O Brasil se manteve, ao longo dos anos, como uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo, com a participação de 49% de fontes renováveis. E, para lograr descarbonização ainda maior, temos como diretriz ampliar o uso de combustíveis igualmente renováveis no nosso setor de transportes.


Nesse sentido, o Brasil conta com a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), que além de tratar desse desafio, tem como objetivos promover a expansão da produção e do uso de biocombustíveis na matriz energética nacional e contribuir com a redução de emissões de gases causadores do efeito estufa. 


O RenovaBio, já considerado o maior Programa do mundo de descarbonização da matriz de transportes, estabeleceu o primeiro mercado de créditos de carbono em operação no País. Apenas em 2020, foram emitidos mais de 18 milhões de créditos de descarbonização (CBIOs) e foram negociados na Bolsa de Valores, a B3, cerca de 15 milhões de CBIOs, a um preço unitário médio de R$ 43,66, gerando um volume financeiro de mais de R$ 650 milhões.


Para o êxito dessa política pública, o setor de biodiesel tem dado contribuições importantes, seja na sustentabilidade da matriz energética, seja na garantia do abastecimento de combustíveis e na redução da importação de derivados de petróleo.


Ao longo desses últimos anos, a maturidade do setor de biodiesel se reflete no aumento contínuo da produção, que atingiu o expressivo volume comercializado de 6,4 bilhões de litros em 2020.


Não por acaso, mas em função do imenso potencial e do bom uso dos recursos naturais existentes em nosso País, em especial a bioenergia, o Brasil foi indicado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das lideranças no Diálogo de Alto Nível em Energia e selecionado como país líder no tema sobre transição energética, um dos eixos centrais da iniciativa.


Ainda no âmbito do Diálogo de Alto Nível da ONU sobre energia, o governo brasileiro apresentou pacto energético voluntário em biocombustíveis, cujo objetivo é reduzir a intensidade de carbono da matriz de transporte nacional em 10% até 2030. Isso equivale, em dez anos, a 620 milhões de toneladas de carbono evitadas na atmosfera, por meio das metas de descarbonização estabelecidas pela nossa Política Nacional de Biocombustíveis.


Além do RenovaBio, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) instituiu, em abril de 2021, o Programa Combustível do Futuro, dando mais um passo na liderança do Brasil no tema transição energética.


O principal objetivo desse Programa é propor medidas para incrementar o uso de combustíveis sustentáveis e de baixa intensidade de carbono, bem como o desenvolvimento de tecnologia veicular nacional com vistas à descarbonização da matriz nacional de transportes.


Diante de todos esses desafios, o Brasil segue firme, contribuindo de forma significativa para a redução de emissões e ratificando o seu papel de importante liderança na transição energética para uma economia mundial de baixo carbono.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
28 set 2021

Bolsonaro aprova resoluções relacionadas à exploração de petróleo e gás natural

+
SAIBA MAIS
28 set 2021

O que são combustíveis fósseis e como viveremos sem eles no futuro próximo?

+
SAIBA MAIS
28 set 2021

Como o Brasil pode embarcar no mercado bilionário de créditos de carbono?

+
SAIBA MAIS
27 set 2021

Em carta, grandes empresas pedem protagonismo do Brasil na agenda verde

+
SAIBA MAIS
27 set 2021

Comissão realiza debate sobre a mistura do biodiesel nos combustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO