HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
31 jan 2017 - 15:06
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Índia: indústria trabalha política para o uso de biodiesel

Mumbai, 30 jan - O setor de biodiesel indiano tem trabalhado junto ao governo pela continuação da isenção especial de consumo, dado para quem abastece com o biocombustível, e também pela introdução de uma política nacional que torne obrigatória o uso do combustível verde por cidadãos e indústrias.

A Biodiesel Association of India (BDAI), em comunicado oficial enviado ao Governo, ressaltou que a Índia precisa de uma política promocional e taxas de tributação favoráveis ??para incentivar o setor.

"Atualmente, o uso do biodiesel é completamente voluntário e não há mandato para sua utilização. Uma política nacional, que exija o uso de combustíveis verdes, é uma necessidade urgente para trabalharmos a redução das emissões no país. Todos os impostos aplicados hoje desencorajam usuários e matam essa indústria", disse  Sandeep Chaturvedi , presidente da BDAI.

A Associação apelou ao Ministério das Finanças que continue com a isenção dos impostos especiais de consumo, para a mistura de 100% de biodiesel (B-100) , mesmo depois de 01 de abril de 2017 , quando se esgota o prazo, ou até que a Política Nacional de Biocombustíveis seja revista.

A BDAI disse que promover o biodiesel, como um combustível verde, é fomentar um caminho de sucesso na redução das emissões dos veículos e proteção do meio ambiente.

"Os estados poderiam ser obrigados a declarar uma taxa de IVA promocional para a mistura de biodiesel que, sendo um combustível verde, não deveria ser tributado junto com o diesel fóssil. O usuário deveria ter opções para tomar medidas responsáveis ??em relação ao meio ambiente e proteger o bem público maior ", ressaltou Chaturvedi.

A BDAI tem "cobrado" do governo uma emenda para a política dos biocombustíveis, firmada em 2009, para que assim se reduza a meta nacional de importações cruas em 10 por cento.

"Enquanto o ministério de Petróleo e Gás Natural se preocupa em preparar as redes de mistura e distribuição em todo o país, temos uma necessidade urgente de apoio à essa política, em termos de disponibilidade de matéria-prima, para que haja um atendimento dessa demanda", disse ele.

Chaturvedi disse que o setor está preparado para entregar 3 milhões de toneladas de biodiesel em 2019 gerando meio milhão de empregos diretos e um milhão de empregos indiretos.

A BDAI ressalta ainda que tem solicitado aos governos estaduais que elaborem políticas regionais para promoção da mistura de biodiesel e assim também colaborem para a redução da emissão de partículas de veículos pesados ??e das indústrias.

Fonte: The Times of Índia 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19 mai 2022

Decreto cria mercado regulador de crédito de carbono no Brasil

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

ONU lança plano para impulsionar uso de energias renováveis

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

Por que engolimos o que a indústria petroleira e os ambientalistas nos dizem?

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

O biodiesel pode ajudar a combater as desigualdades de saúde em comunidades carentes de Justiça Ambiental

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

Dez países que estão recuando nas políticas para biocombustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO