Em missão institucional, ANP divulga Renovabio em Nova York

O diretor da ANP Aurélio Amaral participou hoje (15/5) da “Iso Datagro Sugar and Ethanol Conference”, em Nova York (EUA). O diretor falou sobre o RenovaBio, programa brasileiro para os biocombustíveis.

“O RenovaBio é resultado do esforço e dedicação de diversos representantes do Governo, do Congresso e da sociedade. A ANP conduziu o processo de regulamentação do programa, que se tornou referência e exemplo de política pública”, afirmou.

O evento fez parte da agenda da missão institucional da ANP em Nova York para divulgação do RenovaBio, que inclui também reuniões temáticas ao longo da semana.

Fonte: ANP

Governador de Nova York pretende aumentar o uso de biodiesel no óleo de aquecimento doméstico

O governador de Nova York assinou um projeto de lei para aumentar o uso de biodiesel no óleo de aquecimento doméstico. Em comunicado oficial, o corpo comercial do National Biodiesel Board (NBB) disse que este combustível “Bioheat” ajudará os nova-iorquinos a se beneficiar de um ar mais limpo.

A legislação foi assinada pelo governador de Nova York, Andrew Cuomo, e exige que os condados de Nassau, Suffolk e Westchester sigam a liderança da cidade de Nova York misturando pelo menos 5% de biodiesel (B5) em todo o óleo de aquecimento doméstico vendido até 1º de julho de 2018.

Mercado de óleo de aquecimento

“Nova York tem sido líder no reconhecimento dos benefícios ambientais, de saúde pública e econômicos do biodiesel, não apenas em aplicações de transporte, mas também no mercado de óleo de aquecimento”, disse Donnell Rehagen, CEO da National Biodiesel Board.

Ele acrescentou: “Nós parabenizamos o governador Cuomo por assinar este importante projeto de lei que proporcionará um ar mais limpo para mais nova-iorquinos, melhorando as emissões do óleo de aquecimento. Aumentar o uso de Bioheat no maior mercado de óleo de aquecimento do país também apóia empregos locais no setor de energia limpa “.

O Biodiesel foi o primeiro combustível alternativo designado como “biocombustível avançado” pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA e reduz as emissões totais de gases de efeito estufa em mais de 50% em relação ao petróleo.

A cidade de Nova York, o maior consumidor municipal de óleo de aquecimento no país, já aproveitou os benefícios do biodiesel ao instituir um requisito de biodiesel de 2% em toda a cidade em 2012, que aumentará para 5% em 1 de outubro de 2017.

A partir de uma combinação cada vez mais diversificada de recursos, como o óleo de cozinha reciclado, o óleo de soja e as gorduras animais, o biodiesel é uma substituição renovável e de queima limpa que pode ser usada em motores diesel existentes sem modificações. Para se chamar biodiesel, o combustível deve atender às rigorosas especificações de qualidade da ASTM D6751.

A NBB é a associação comercial dos EUA que representa toda a cadeia de valor de biodiesel, incluindo produtores, fornecedores de matérias-primas e distribuidores de combustível, bem como a indústria de diesel renovável no país.

Fonte: Biofuels International

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721