Aprobio muda estatuto para abranger outros biocombustíveis

A Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio) está para mudar. Fundada em 2011, como uma organização exclusiva para fabricantes de biodiesel, a entidade vai passar a abranger outros biocombustíveis. A mudança do estatuto foi aprovada no final do mês passado.

Embora o novo estatuto a autorize a representar os biocombustíveis de forma ampla – a entidade até já conta com empresas que atuam no ramo de etanol –, a ideia central da mudança é acolher empresas fabricantes de outras alternativas renováveis ao óleo diesel fóssil. Especialmente o óleo vegetal hidrotratado (HVO) e o bioquerosene de aviação (bioQAV).

“A alteração no nosso estatuto reforça esse posicionamento, demonstrando que estamos atentos à evolução tecnológica dos biocombustíveis e comprometidos com a adoção de uma matriz energética cada vez mais limpa e eficiente no país”, diz o presidente do Conselho de Administração da entidade, Erasmo Carlos Battistella. Em fevereiro, Battistella anunciou a intenção de investir US$ 800 milhões para montar uma unidade produtora de HVO no Paraguai.

Novo conselho

Na mesma assembleia, foi eleita a nova composição do Conselho de Administração da Aprobio. Erasmo Carlos Battistella segue como presidente do colegiado e Rodrigo Prosdócimo Guerra, como vice-presidente.

Para integrar o Conselho, foram eleitos Alberto Borges de Souza, Marcelo Alcantara de Queiroz, Silvio Henrique da Silveira Roman e Fernanda Bocchi. Os membros escolhidos para o Conselho Fiscal são Luiz Osório Dumoncel e Silvio Cezar Pereira Rangel.

Fonte: BiodieselBR

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721