APROBIO e Ubrabio são parceiras da Conferência BiodieselBR 2019

Com o setor já aquecendo os motores para entrar num novo período de crescimento sustentado – como o resultado do leilão de biodiesel mais recente bem demonstrou – está na hora de pavimentar o caminho para que a indústria possa acelerar com a segurança necessária. O diálogo será fundamental no processo de construção desta estrada. É por isso que a Conferência BiodieselBR se orgulha em contar, mais uma vez, com os apoios institucionais das maiores associações do setor de biodiesel.

Nessa terça-feira (10) a Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (APROBIO) e a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) oficializaram a renovação de uma parceria com o evento, ao longo dos últimos 13 anos, que se tornou a principal vitrine da indústria de biodiesel do Brasil. É uma parceria que já vem se repetindo há muitos anos. E que ilustra de forma muito prática que a união do setor transcende qualquer diferença fortuita.

Juntas, as associadas da APROBIO e da Ubrabio controlam 25 usinas de biodiesel e praticamente 5,8 bilhões de litros em capacidade instalada – cerca de 62,6% do parque produtivo brasileiro.

“O setor de biodiesel avançou muito nos últimos, não só com o novo horizonte de aumento de mistura. E esse avanço se deve, principalmente, ao trabalho que a Ubrabio e APROBIO vem fazendo. A parceria delas junto à BiodieselBR para o evento deste ano contribui para que tenhamos o maior e melhor evento dos últimos anos”, explica Miguel Angelo Vedana, diretor executivo de BiodieselBR.

“A Conferência BiodieselBR é o grande evento empresarial sobre biodiesel no Brasil. A parceria da Ubrabio é uma forma de reconhecer não só essa importância, mas também todo o trabalho que a BiodieselBR tem feito ao longo desses anos para o desenvolvimento sustentável do biodiesel no Brasil”, enfatiza o superintendente da Ubrabio, Donizete Tokarski.

Para o superintendente da APROBIO, Julio Minelli, “a Conferência BiodieselBR é um importante e já consagrado evento setorial de discussão do presente e do futuro do biodiesel no Brasil. E torna-se ainda mais relevante no atual momento, em que começamos a colocar em prática o B11 mínimo, o cronograma para chegar ao B15 em 2023, com possibilidade de uma continuidade pelo menos até o B20 em 2028, a comercialização dos CBios e a perspectiva de adoção de outros biocombustíveis, como o HVO e o SPK. A APROBIO, como representante do setor de biodiesel e demais biocombustíveis, vê a Conferência BiodieselBR como um fórum altamente qualificado para a discussão dos combustíveis líquidos renováveis no Brasil.”

Vento favorável

Apesar do caminho acidentando até aqui, o setor de biodiesel está saindo de 2019 com perspectivas melhores do que entrou. O B11 pode ter demorado um pouco mais do que o esperado, mas não só veio como chegou com tudo. O leilão de estreia da nova mistura teve recordes de demanda e de faturamento para as usinas participantes.

Além disso, já começou a correr o cronograma que deverá levar o país ao B15 em março de 2023.

A Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) também está cada vez mais perto de sair da prancheta. A previsão é que, até o final deste ano, as usinas possam a fazer dinheiro vendendo os primeiros Créditos de Descarbonização (CBios).

O encontro, que este ano acontecerá nos dias 11 e 12 de novembro no Tivoli Mofarrej em São Paulo (SP), é o maior evento empresarial do setor de biodiesel. Há treze anos seguidos a Conferência vem reunindo mais de 90% da capacidade produtiva do setor de biodiesel do Brasil para discutir os próximos passos do setor de biodiesel e fazer negócios.

A programação com os palestrantes, temas e horários pode ser acessado clicando aqui.

Fonte: BiodieselBR

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721