HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
26 jan 2017 - 10:38
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Uso de biodiesel quebra recorde nos EUA

A produção interna de biodiesel permanece abaixo da capacidade disponível, enquanto as importações aumentaram mais de 50%.


Os EUA atingiram um recorde de quase 2,9 bilhões de galões de biodiesel e diesel renovável em 2016 superando o recorde anterior em quase 40%. Além disso, pela primeira vez, o mercado mensal superou os 300 milhões de galões, com o volume de 362 milhões de galões em dezembro.

"Estamos orgulhosos por entregar esse recorde de produção de biodiesel fabricado na América, mas esse sucesso se dá pelo fato de que nossos membros estão perdendo mais de um terço do mercado para as importações estrangeiras", disse o diretor-executivo do National Biodiesel Board, Donnell Rehagen.

De acordo com números divulgados na última quinta-feira (19) pela Agência de Proteção Ambiental, 2016 fechou com o volume de 2,9 bilhões de galões de biodiesel.  Cerca de de 800 milhões de galões a mais que em 2015, onde a produção havia sido de 2,1 bilhões de galões. Ao mesmo tempo, a produção doméstica aumentou em cerca de 1,4 bilhões de galões ainda bem abaixo da capacidade disponível. Já as importações aumentaram em mais de 50%, algo em torno de 670 milhões de galões, prejudicando potenciais benefícios econômicos para os produtores norte-americanos.

"A realidade do mercado destaca dois pontos importantes. Primeiro, o RFS (Renewable Fuel Standard) está trabalhando para oferecer opções de energia aos consumidores e promover a atividade econômica local. Em segundo lugar, reformar o incentivo fiscal do biodiesel como um crédito de produção nacional permanece sendo o ponto primordial para gerar o crescimento dos programas e gerar um melhor interesse para a América ", disse Rehagen.

De acordo com um estudo realizado pela LMC International , o mercado de biodiesel e diesel renovável, dividido entre suprimentos domésticos e estrangeiros, gera cerca de 64.000 empregos nos EUA e tem $ 11,42 bilhões em impacto econômico total. Os benefícios econômicos aumentam substancialmente quando a produção doméstica cresce e não as importações. Por exemplo, apenas 2,5 bilhões de galões na produção doméstica geraria pelo menos 81.600 empregos nos EUA e US $ 14,7 bilhões em benefício econômico total.

"É um senso comum, entre produtores e distribuidores, que nossos incentivos fiscais devam beneficiar empregos americanos e empresas locais em vez de incentivar as importações", disse Rehagen.

Somente a categoria de diesel a base de biomassa obteve um recorde de 2,6 bilhões de galões, permitindo que o programa avançado de biocombustíveis atingisse mais de 4 bilhões de galões em 2016. Esses números excederam as estimativas da EPA para o ano e acompanharam as projeções da Diretoria de Biodiesel da organização, mostrando que a indústria pode cumprir as metas estabelecidas pelo Congresso.

Fonte: Feed Stuffs
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19 mai 2022

Decreto cria mercado regulador de crédito de carbono no Brasil

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

ONU lança plano para impulsionar uso de energias renováveis

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

Por que engolimos o que a indústria petroleira e os ambientalistas nos dizem?

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

O biodiesel pode ajudar a combater as desigualdades de saúde em comunidades carentes de Justiça Ambiental

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

Dez países que estão recuando nas políticas para biocombustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO