HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
07 jun 2024 - 11:38
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Teste comprova que primeiro caminhão movido 100% a biodiesel polui menos e economiza mais

Na hora de puxar uma carreta carregada com mais de 47 toneladas de carga o caminhão B100 (movido 100% a biodiesel do Grupo Potencial) não perdeu em nada para os caminhões da frota movidos a combustível fóssil (diesel B13). Pelo contrário! A diferença foi que após um semestre rodando pelas estradas do Brasil, o veículo 100% biodiesel economizou 2,23% mais de combustível que a frota ciclo diesel, e emitiu 95% menos gases poluentes na atmosfera. Além disso, o custo de manutenção foi menor.


“Tecnicamente, a manutenção programada manteve-se para cada 30.000 km com maiores intervenções para troca de filtro de combustível a cada 15.000 km, porém com o custo menor”, disse Carlos Eduardo Hammerschmidt, vice-presidente do Grupo Potencial.


Em resumo, depois de 50 mil quilômetros rodados o laudo produzido pela Cotrasa, revenda Scania, em Curitiba, Paraná, mostrou que o B100 polui menos, economiza mais e tem um rendimento exatamente igual aos caminhões convencionais. O parecer técnico é endossado pela própria montadora Scania.


“O biodiesel não só é um combustível seguro, como proporciona maior economia no consumo de combustível e manutenção, como também garante uma redução de quase 100% na emissão de gases poluentes. O processo é homologado pela engenharia da Scania e ficou provado que não altera o funcionamento, torque e desempenho do veículo”, informou Hammerschmidt.


 
Primeiro caminhão convertido para 100% biodiesel


O B100 do Grupo Potencial é o primeiro caminhão do Brasil convertido de ciclo diesel B-13 para B-100. O caminhão, de fabricação de 2019, passou por uma conversão, realizada pela própria concessionária em conjunto da fabricante Scania, que é a marca pioneira nesse processo, em um investimento de pouco mais de R$20 mil, para a transformação foram necessários: copo (carcaça) dos filtros de combustível, SOPS de conversão de software FAME, única diferença entre os veículos abastecidos com B13 e com B100.


“O projeto todo representa um investimento superior a R$ 26,4 milhões e contempla a aquisição de 24 novos modelos que também poderão ser convertidos para a utilização do biocombustível”, concluiu o vice-presidente do Grupo Potencial.


 


Fonte: Blog do Caminhoneiro

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
14 jun 2024

Comissão de Transições Energéticas afirma que os países podem triplicar a ambição climática até a COP30

+
SAIBA MAIS
14 jun 2024

Empresas brasileiras se instalam nos EUA para aproveitar incentivos à energia limpa

+
SAIBA MAIS
14 jun 2024

Primeiras operações logísticas e agrícolas com uso de Biodiesel 100% mostram o potencial dos combustíveis verdes no Brasil

+
SAIBA MAIS
14 jun 2024

Alexandre Silveira reforça papel mundial do Brasil na transição energética

+
SAIBA MAIS
14 jun 2024

G20 é oportunidade para mudar visão sobre América Latina, dizem líderes

 

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO