HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
20 ago 2020 - 17:54
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Setor de biodiesel alinha ações com ANP e MME para conclusão do L75 e formação de grupo de trabalho para seguir aperfeiçoando o programa

A Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil (APROBIO) e representantes do setor de biodiesel, da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estiveram reunidos com o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, em videoconferência nesta manhã de quinta-feira (21/08).
Os participantes saíram com o compromisso de concluir o Leilão de Biodiesel L75 e iniciar uma discussão ampla sobre o aperfeiçoamento do modelo de comercialização por meio de um Grupo de Trabalho (GT) envolvendo todos os agentes do mercado, inclusive os representantes dos Ministérios da Economia e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a partir da próxima semana.


“Nosso objetivo é defender a mistura mínima de 12% de biodiesel (B12) para os meses de novembro e dezembro e manter o plano de crescimento para B13 previsto no cronograma da Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio)”, explicou Erasmo Carlos Battistella, Presidente do Conselho de Administração da APROBIO. “Vamos redesenhar o programa, construir algo de positivo para o processo de comercialização do setor, uma evolução do que temos hoje”, informou Battistella.


O GT do Biodiesel vai discutir todos os assuntos estratégicos envolvidos na cadeia de produção, com foco na previsibilidade e no planejamento dos leilões, bem como nas entregas dos produtos, de forma a sempre garantir o abastecimento. Dentre as prioridades, ficou consensuado que o tema número um será a organização do 76º leilão e os aspetos e de oferta e demanda.


Fortalecer o RenovaBio


“Não é possível rasgar 15 anos de história de um programa bem sucedido. Essa mesa de negociações será fundamental para fortalecer o RenovaBio. Não é possível pensar num cenário de importação de biodiesel ou na exportação de soja para gerar emprego lá fora”, comentou Battistella.


As deliberações que envolveram o desenvolvimento do L75 surpreenderam o setor pela precipitação e falta de diálogo, gerando incertezas e prejuízos para a cadeia. No encontro, o ministro Bento Albuquerque destacou que o objetivo é a busca conjunta por soluções. Segundo ele, ninguém dentro do governo questiona o programa de biocombustíveis, mas que ele deve ser aperfeiçoado para que possa cumprir seus objetivos.


“O programa é importantíssimo para um país como o nosso. Temos insumos, área, expertise e somos pioneiros. Temos um programa de referência na transição energética. E ninguém vai acabar com os leilões. Vamos fazer tudo isso com transparência e previsibilidade. O respeito aos contratos é o nosso mantra”, ressaltou Albuquerque, que demonstrou preocupação com a judicialização do tema. A primeira conversa do GT envolverá governo (MME, MAPA, ME e ANP), entidades e distribuidoras.


Mais informações:
Analítica Comunicação (55 11) 2579-5520 - analitica@analitica.inf.br
Eduardo Ritschel (55 11) 99688-0850 - eduardo.ritschel@analitica.inf.br
Luís Henrique Amaral (55 11) 95320-6206 - luis.henrique@analitica.inf.br

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
25 set 2020

RenovaBio: ANP revisa metas individuais de distribuidores para 2020

+
SAIBA MAIS
25 set 2020

Grupo de Trabalho Intercâmaras do MAPA avança sobre proposta comum para Reforma Tributária

+
SAIBA MAIS
25 set 2020

Setor avalia oferta e demanda de biodiesel para L76 em reunião de Monitoramento do Abastecimento do Biodiesel

+
SAIBA MAIS
21 set 2020

RenovaBio: ANP realiza webinar e programa atinge 9 milhões de créditos de descarbonização (CBIOs)

+
SAIBA MAIS
18 set 2020

APROBIO defende na ANP que Diesel Verde é novo biocombustível: produto exige especificação, marco regulatório e cadeia produtiva própria

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO