HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
25 nov 2021 - 10:07
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Quais as etapas e vantagens da produção de biodiesel de óleo residual?

A produção de biodiesel de óleo residual é uma alternativa sustentável de aproveitar o que seria descartado no meio ambiente


São várias as matérias-primas utilizadas na produção de biodiesel. Como exemplos, temos: algodão, coco macaúba, dendê, mamona, milho, pinhão-manso, soja, gordura animal e óleo de cozinha. Vale destacar que, no Brasil, são produzidos 5,5 bilhões de litros de óleo de fritura por mês e menos de 5% desse óleo residual é reciclado. Nesse sentido, a produção de biodiesel de óleo residual é uma alternativa sustentável de aproveitar o que seria descartado no meio ambiente. Mas como produzir biodiesel de óleo de fritura?


Etapas da produção de biodiesel de óleo residual


Filtragem


Na filtragem, as partículas residuais (restos de alimentos e outros) existentes no óleo de fritura são separadas ao serem retidas em uma peneira. Esse pré-tratamento remove os resíduos mais grosseiros presentes no óleo antes da etapa de secagem.


Secagem


Na secagem, o óleo residual é aquecido a 80°C para a formação de uma etapa trifásica: água, sujeira e óleo limpo. A água se mantém no fundo; o óleo, na superfície; e as impurezas, no meio. O óleo limpo é recolhido com o auxílio de uma bomba para seguir para a etapa de transesterificação.


Transesterificação


Na transesterificação, o óleo limpo reage com álcool, graças à adição de um catalisador (metilato de sódio). Como resultado, formam-se o biodiesel e a glicerina, que são separados por decantação. Em seguida, o biodiesel passa por purificação em um processo de lavagem com água quente e ácidos. Depois, o biodiesel passa por secagem para retirar a umidade. Com isso, obtém-se o biodiesel com alta pureza.


Vantagens do biodiesel de óleo residual


->Não há necessidade da produção de matéria-prima (cultivo de mamona, soja, pinhão-manso, entre outros) – basta usar o óleo residual de fritura;
->O biodiesel de óleo residual pode ser usado em motores diesel, sem a adaptação dos veículos, pois possui grande potencial lubrificante, aumentando a vida útil do motor;
->Um litro de óleo residual produz 800 mililitros de biodiesel (alto rendimento);
->Os próprios estabelecimentos geradores do óleo residual podem produzir biodiesel e gerar renda, pois são baratos;
->Produzir biodiesel de óleo de fritura é uma forma de aproveitar o resíduo que seria descartado no meio ambiente (um litro de óleo de cozinha contamina até 25 mil litros de água potável);
->Com a substituição do diesel de petróleo por biodiesel de óleo residual, reduz-se a poluição atmosférica em 80%.


Fonte: Produção de biodiesel

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
06 dez 2021

ESG: Emissão de gases, crédito de carbono e padronização de informações devem ser centro das atenções em 2022

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

ABPA PREVÊ MENOR OFERTA DE FARELO DE SOJA E ALTA DE PREÇOS COM DECISÃO SOBRE BIODIESEL

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

Indústria de biodiesel e soja do Brasil crê em reversão de mistura menor

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

Biocombustíveis estão caminhando para a ‘comodotização’ com plataforma de negociação

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

Aprobio critica CNPE após redução de mistura obrigatória de biodiesel

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO