HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
01 abr 2022 - 16:15
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Programa de Energia para o Brasil (BEP) encerra suas atividades em cerimônia no MME

"O Brasil desponta hoje como um dos protagonistas nas tratativas sobre transição energética no mundo. Somos internacionalmente reconhecidos por possuirmos uma das mais limpas matrizes elétricas e energéticas do mundo. Nosso potencial em fontes renováveis e de bioenergia tem assegurado, historicamente, um papel fundamental para termos, cada vez mais, um setor energético sustentável. Isso se traduz em garantia de segurança energética e ao mesmo tempo mitigação das mudanças climáticas”.


Essas foram as palavras do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, ao participar da cerimônia de encerramento do Programa de Energia para o Brasil (BEP), iniciativa do governo britânico, realizada nesta terça-feira (29/3), no auditório do Ministério de Minas e Energia (MME), em Brasília.


O evento também contou com a presença do presidente da COP 26, Alok Sharma. Na ocasião, Sharma parabenizou o Brasil pelas iniciativas sustentáveis no setor energético e externou sua satisfação em desenvolver essa cooperação entre os dois países. Afirmou também estar disposto a contribuir com a energia eólica e a solar e declarou seu entusiasmo em dar continuidade à essa cooperação.


Na ocasião, além de ressaltar o legado do BEP, especialistas discutiram sobre os principais desafios e alternativas práticas para impulsionar a transformação do setor de energia em busca do alcance do Net Zero alinhado aos compromissos do Brasil frente às suas metas climáticas ou Contribuições Nacionalmente Determinadas (da sigla, em inglês, NDCs).


Também participaram do evento a Encarregada de Negócios do Reino Unido no Brasil, Melanie Hopkins, a presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), Elbia Gannoum, o presidente da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Rui Altieri, e o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Ciocchi.


Nos últimos dois anos, o BEP apoiou o governo brasileiro no setor de energia em avaliações sobre a adoção de novas tecnologias, com base na experiência e melhores práticas internacionais em regulação e políticas. O objetivo é contribuir para ampliar a competitividade e eficiência do mercado com um olhar para redução da pobreza, com foco nos segmentos de hidrogênio azul e turquesa, aproveitamento energético de resíduos e efluentes (waste-to-energy), biodiesel, energia solar fotovoltaica, eólica offshore, e modelos de geração de energia renovável distribuída com sistemas inteligentes e armazenamento de energia.


Fonte: MME

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
04 mar 2024

O biodiesel no combustível do futuro

+
SAIBA MAIS
04 mar 2024

Sindirações defende aprovação da PL do Combustível do Futuro

+
SAIBA MAIS
04 mar 2024

O combustível do futuro vai impulsionar o Brasil do presente

+
SAIBA MAIS
04 mar 2024

Emissões globais de CO2 relacionadas à energia atingem nível recorde em 2023

+
SAIBA MAIS
04 mar 2024

Temos sido lentos para enfrentar a crise climática, avalia diretora do FMI

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO