HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
27 mar 2024 - 15:08
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Pesquisa prevê que produção de biodiesel nos EUA subirá 53% na esteira da demanda por combustíveis sustentáveis

A indústria de biocombustíveis nos EUA está em expansão, e uma nova onda de produção está prestes a acontecer, graças ao aumento da demanda por diesel renovável e combustíveis de aviação sustentáveis nos próximos anos. Pesquisas da Rystad Energy preveem que a produção de biocombustíveis nos EUA aumentará cerca de 53% até meados da próxima década, passando de 850 mil barris de óleo equivalente por dia em 2023 para cerca de 1,3 milhão de barris de óleo equivalente por dia em 2035. A produção doméstica deverá ultrapassar 1 milhão de barris de óleo equivalente por dia já em 2026. A Europa e o Brasil também serão grandes produtores, mas significativamente atrás dos EUA. A Europa deve produzir cerca de 580 mil barris de óleo equivalente por dia em 2035, enquanto a produção do Brasil chegará a 510 mil barris de óleo equivalente por dia.


À medida que governos e indústrias se esforçam para descarbonizar o setor de transporte, o papel dos biocombustíveis continuará a se expandir. Amplamente considerados componentes essenciais da transição energética, essas alternativas baseadas em plantas aos combustíveis tradicionais, como gasolina e diesel, poderiam desempenhar um papel fundamental na limitação das emissões de veículos terrestres, navios e aviação. Por exemplo, os combustíveis de aviação sustentáveis são quase idênticos ao combustível de aviação convencional, mas são produzidos usando matérias-primas à base de plantas, como gorduras, óleos e resíduos agrícolas e municipais. Como seu uso requer modificações mínimas nas aeronaves e na logística, os combustíveis de aviação sustentáveis poderiam reduzir significativamente o impacto das emissões da indústria da aviação.


Olhando para o futuro até 2035, os EUA devem dominar a produção tanto de etanol quanto de diesel, bem como de biocombustíveis avançados. Os EUA produzirão cerca de 1,3 milhão de barris de óleo equivalente por dia de biocombustíveis em 2035, 40% do total da produção global. Desse 1,3 milhão de barris de óleo equivalente por dia, os combustíveis avançados representarão cerca de 50% da produção doméstica.


A previsão de produção da Rystad utiliza expectativas de caso base para avanços tecnológicos, adoção de veículos elétricos (EV) e disponibilidade de matérias-primas para biocombustíveis e assume que o suporte político existente permaneça em vigor. A Rystad Energy também mapeou dois outros cenários. No Cenário Alto, prevê-se avanços tecnológicos rápidos, adoção mais lenta de EVs, política favorável de biocombustíveis e disponibilidade ampla de matérias-primas para biocombustíveis. Já no Cenário Baixo, a Rystad vislumbra desenvolvimento tecnológico mais lento, adoção mais rápida de EVs, suporte político aos biocombustíveis revertido e desafios de fornecimento de matérias-primas para biocombustíveis.


“Biocombustíveis parecem destinados a desempenhar um papel crucial no futuro do mundo da energia de baixo carbono, e os Estados Unidos estão em uma posição única para se beneficiar disso. O momentum do mercado tem crescido nos últimos anos, e seu crescimento está garantido até o final desta década, mas ainda há alguma incerteza em relação à década de 2030”, disse Artem Abramov, Chefe de Pesquisa em Tecnologia Limpa da Rystad Energy.


Os biocombustíveis avançados, como o diesel renovável e os SAFs, são os principais fatores de oscilação que impactam o futuro do mercado. A produção de diesel renovável tem aumentado significativamente nos últimos anos, passando de 25 mil barris por dia em 2020 para uma expectativa de 22 mil barris por dia neste ano. O consumo nos Estados Unidos ultrapassou 200 mil barris por dia durante alguns meses em 2023, e essa história de crescimento parece continuar por algum tempo.


Um dos maiores obstáculos para um forte crescimento do diesel renovável é a disponibilidade de matéria-prima, principalmente soja. A expansão da capacidade de produção inicial tem sido impulsionada pelos mesmos óleos vegetais de primeira geração, que são utilizados por produtores de biodiesel e pela indústria de produção de alimentos. Por exemplo, o consumo de óleo de soja para produção de biocombustíveis dobrou de cerca de 600 milhões de libras por mês em 2017-2019 para impressionantes 1,1 a 1,3 bilhão de libras no segundo semestre de 2023. A Rystad estima que 2024 será o primeiro ano na história dos Estados Unidos em que a produção de biocombustíveis representará mais de 50% de todo o consumo de óleo de soja no país. A competição por óleo de canola e milho também está aumentando, e depender dessas matérias-primas de primeira geração poderia limitar severamente o potencial de crescimento do mercado.


Os SAFs ainda não decolaram da mesma forma, mas espera-se que ganhem terreno nos próximos anos. À medida que esses combustíveis se tornam mais populares, a indústria petrolífera está buscando converter refinarias existentes para produzir diesel renovável e SAF, modificando a infraestrutura existente. Isso é mais rápido e econômico do que construir novas instalações, ajudando a expandir rapidamente a capacidade de produção. “Analisando o pipeline de projetos de fornecimento, a demanda comercial das companhias aéreas e a continuação do apoio político à produção de SAF, esperamos que a produção doméstica nos EUA aumente de 1.700 barris por dia no ano passado para cerca de 190 mil barris por dia em 2035. Mesmo em nosso cenário de baixa, a produção de SAF aumentaria para cerca de 110 mil barris por dia”, concluiu a Rystad.


 


Fonte: Petro Notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16 abr 2024

Previsibilidade e segurança jurídica: APROBIO destaca importância do PL Combustível do Futuro em audiência no Senado

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Planeta bate novo recorde de calor e especialistas explicam preocupação

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Aquecimento global vai parar na Justiça: crescem casos de litigância climática contra desmatadores

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Deputado diz que Petrobras tenta “pegar carona” no Combustível do Futuro

+
SAIBA MAIS
15 abr 2024

Combustível do Futuro terá investimentos de R$ 200 bi, diz Alceu Moreira

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO