HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
19 set 2023 - 23:01
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

O que são títulos verdes e como podem fazer o Brasil arrecadar R$ 10 bilhões

Uma forma inédita de financiamento de proteção do meio ambiente pode ajudar o governo brasileiro a reforçar o orçamento do país enquanto explora alternativas sustentáveis. Os chamados “títulos verdes” foram anunciados nesta semana.


Mas o que são títulos verdes?


Segundo a B3, os títulos verdes são instrumentos de dívida emitidos por empresas, governos e entidades multilaterais negociados nos mercados de capitais. Eles tem a finalidade de atrair capital para projetos que tenham como propósito um impacto socioambiental positivo.


O Brasil desponta como um destino de especial interesse para investimentos financeiros em Títulos Temáticos ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa, na sigla em inglês), sendo uma oportunidades crescente para a evolução deste mercado localmente.


Arrecadação bilionária
Segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o valor ainda não está definido, uma vez que a palavra final será do Tesouro Nacional. O governo também depende de investidores estrangeiros se interessarem no projeto.


“Já atendemos mais de 60 fundos de investimento e a receptividade é a melhor possível. Sobretudo porque esse recurso fica carimbado para financiar projetos sustentáveis, com taxas de juros mais convidativas do que nós temos hoje”, informou o ministro.


Sobre o valor dos títulos verdes, estimado em R$ 10 bilhões, segundo a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, Haddad disse que esse é o “começo de um processo”.


“Estamos em período de silêncio agora. Portanto, o Tesouro vai julgar a conveniência do quanto [valor] e do quando colocar esses títulos. Mas eu queria dizer que esse recurso é um recurso inicial, muito pequeno, porque o Brasil tem condição de captar muitos recursos no exterior”, explicou o ministro.


Haddad também acrescentou que o Brasil tem potencial para exportar hidrogênio verde, produzido a partir da energia limpa. Mas que a prioridade será a de utilizá-la internamente, ajudando a indústria a agregar valor às matérias-primas e, em especial, para a neoindustrialização do país.


“Você pode exportar no produto manufaturado. Daí a razão pela qual a energia verde pode se complementar com a questão da neoindustrialização do país”, disse.


Fonte: Giz_br - Gabriel Andrade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
01 dez 2023

Combustíveis fósseis matam 5,1 milhões de pessoas por ano no planeta

+
SAIBA MAIS
01 dez 2023

Biocombustíveis: a melhor solução de curto prazo para uma transição energética eficiente

+
SAIBA MAIS
30 nov 2023

FPBio vai ao Palácio do Planalto confirmar apoio ao projeto de lei 'Combustível do Futuro'

+
SAIBA MAIS
30 nov 2023

O que empresas e sociedade civil esperam da COP-28

+
SAIBA MAIS
30 nov 2023

Indústrias de biodiesel se articulam para reverter importação e garantir aumento da mistura em 2024

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO