HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
16 mar 2022 - 17:46
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Ministro-Chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, recebe do setor dados sobre os benefícios socioeconômicos e ambientais que o biodiesel proporciona ao país

O Ministro-Chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, recebeu nesta 4ª feira (16/3) o presidente da Frente Parlamentar Mista do Biodiesel (FPBio), o deputado federal e vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, Pedro Lupion, e principais associações de empresários do setor de biodiesel. O líder do governo na Câmara dos Deputados, deputado federal Ricardo Barros, participou do encontro para levar seu apoio aos produtores.


A comitiva entregou ao ministro Ciro Nogueira dados e projeções atualizados sobre os benefícios socioeconômicos e ambientais que a produção e o uso de biodiesel proporcionam ao país e aos brasileiros.


O estudo entregue ao ministro Ciro Nogueira informa que o acréscimo de 1 ponto percentual no teor de biodiesel resulta em ganho para a sociedade de cerca de R$ 30 bilhões em 12 meses, contabilizando os aspectos sociais, ambientais, saúde pública e econômicos, a redução de custos com alimentação, abertura de novos postos de trabalho e melhoria da qualidade de vida com a redução da poluição ambiental.


Ciro Nogueira informou que o governo está focado, no momento, em pavimentar caminhos que reduzam o preço dos combustíveis de uma forma geral. Com base nos relatos e nas projeções compartilhados na audiência, o ministro analisou a importância desse biocombustível para os brasileiros. Disse que estará empenhado em tratar do tema do teor de mistura com outros ministros do governo e que manterá agenda permanente com a FPBio e o setor de biodiesel.


Os produtores disseram a Ciro Nogueira estarem preocupados com o alto nível de ociosidade nas usinas. Defenderam que a elevação da mistura poderia aplacar esta situação, e, ainda, proporcionar a geração de benefícios socioeconômicos. A capacidade instalada atual é de 12,8 bilhões de litros por ano, diante de uma produção estimada para 2022 de 6,2 bilhões de litros (considerando um teor de 10% - B10), deixando o setor ocioso em 52%. A informação foi compartilhada com o ministro Ciro Nogueira pelas três principais entidades do biodiesel: ABIOVE - Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais; APROBIO - Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil; e UBRABIO – União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
30 jun 2022

ANP aprova a realização de consulta e audiência públicas para adoção de medida preventiva em relação a estoques de diesel A S-10

+
SAIBA MAIS
30 jun 2022

ANP fará consulta e audiência públicas sobre inclusão de operação para emissão de CBIOs

+
SAIBA MAIS
29 jun 2022

BSBIOS e Embrapa desenvolverão cereais de inverno para produção de etanol

+
SAIBA MAIS
29 jun 2022

Fórum Nacional discute oportunidades para o Trigo

+
SAIBA MAIS
27 jun 2022

Biocombustíveis serão tema de debates no Fórum Nacional do Trigo

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO