HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
29 out 2021 - 14:53
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Governo nomeia Rafael Bastos novo Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis

Ele assume a secretaria do Ministério de Minas e Energia no lugar de José Mauro Ferreira Coelho, que pediu demissão na semana passada


O governo federal nomeou o geólogo Rafael Bastos da Silva como novo Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME). O ato foi publicado na edição desta sexta-feira (29) do "Diário Oficial da União" (DOU).
Bastos e Silva assume a secretaria no lugar de José Mauro Ferreira Coelho, que pediu demissão na semana passada após o presidente Jair Bolsonaro anunciar que vai pagar um auxílio a 750 mil caminhoneiros autônomos para compensar o aumento do diesel.
O Ministério de Minas e Energia nega que o pedido de demissão de Coelho tenha relação com o auxílio a caminhoneiros e disse que ele irá assumir "novos desafios na iniciativa privada brasileira".


O novo secretário está no Ministério de Minas e Energia desde janeiro de 2020, quando foi nomeado diretor do departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural.
Bastos da Silva é formado em Geologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e tem mestrado na mesma área pela Universidade Federal Fluminense (UFRJ).
De 2005 a 2019, foi servidor de carreira da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), tendo exercidos várias funções, como superintendente de exploração, coordenador de geologia e geofísica e assessor de diretoria.


Outras nomeações
 
O "Diário Oficial da União" desta sexta traz, ainda, a nomeação do ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago como secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia. O economista Paulo Valle também foi nomeado secretário do Tesouro Nacional da pasta.
Ambos já estavam na equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, e foram anunciados na semana passada pela pasta. Colnago assume a nova função no lugar de Bruno Funchal, e Valle substituirá Jeferson Bittencourt.
Funchal e Bittencourt pediram demissão na semana passada, após a manobra liderada pelo Centrão e pelo governo para abrir espaço no teto de gastos para pagar o Auxílio Brasil de R$ 400 em 2022, além do vale-gás e do vale-diesel. O rombo na regra do teto de gastos pode chegar a quase R$ 100 bilhões, de acordo com especialistas em contas públicas.


Fonte: G1

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
06 dez 2021

ESG: Emissão de gases, crédito de carbono e padronização de informações devem ser centro das atenções em 2022

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

ABPA PREVÊ MENOR OFERTA DE FARELO DE SOJA E ALTA DE PREÇOS COM DECISÃO SOBRE BIODIESEL

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

Indústria de biodiesel e soja do Brasil crê em reversão de mistura menor

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

Biocombustíveis estão caminhando para a ‘comodotização’ com plataforma de negociação

+
SAIBA MAIS
02 dez 2021

Aprobio critica CNPE após redução de mistura obrigatória de biodiesel

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO