HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
25 mai 2022 - 09:00
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Frente Parlamentar da Agropecuária Gaúcha pede fortalecimento do setor de Biocombustíveis

Ao receberem nesta terça-feira (24) o documento conjunto com sugestões de 12 entidades elaborado pela Frente Parlamentar da Agropecuária Gaúcha da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Elton Weber (PSB), o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Márcio Eli Almeida Leandro e o diretor do Departamento de Estruturação Produtiva do Ministério da Agricultura, Clecivaldo Ribeiro, manifestaram apoio a manutenção do Programa Selo Biocombustível Social. O documento pede a continuidade do programa recentemente ameaçada, reivindica o aumento do percentual de adição de biodiesel ao combustível dos atuais 10% para 20% da mistura e solicita a adoção de uma política de fortalecimento da produção nacional que tem potencial para dobrar o volume. O encontro foi acompanhado por representantes de entidades, pelo vice-presidente da Fetag, Eugênio Zanetti e pelo deputado federal Heitor Schuch.


Os executivos do Ministério da Agricultura recomendaram que o assunto seja tratado com as áreas técnicas dos ministérios da Economia e de Minas e Energia, o que, segundo Weber, deve acontecer nas próximas semanas. "Saimos confiantes que estamos conseguindo convencer as estruturas de governo com argumentos e números que devemos aumentar a nossa produção de biodiesel. As indústrias no Brasil tem condições de produzir o dobro, o que também reduzirá os custos, além de garantir a produção da agricultura familiar que alimenta o programa. Estamos numa caminhada para ajudar o governo a tomar as decisões certas".


Outro ponto destacado pelo deputado é a informação que tramita no Congresso Nacional um projeto para tornar lei o Programa Selo Social que existe desde 2022 por decreto. Para o parlamentar, isso aumentará a segurança de sua manutenção.


Entidades que assinam o documento:


Frente Parlamentar Agropecuária Gaúcha – Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul


Frente Parlamentar da Agricultura Familiar – Câmara dos Deputados


APROBIO - Associação dos Produtores de Biocombustíveis do Brasil


ABIOVE – Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais


OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras


UNICAFES – União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária


SINDIBIO - Sindicato da Indústria de Biodiesel e Biocombustíveis do RS


UBRABIO - União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene


FETAG-RS – Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul


FETAESC – Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa Catarina


FETAEP – Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná


FECOAGRO – Federação das Cooperativas Agropecuárias do RS


Fonte: Jornal do Comércio

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
30 jun 2022

ANP aprova a realização de consulta e audiência públicas para adoção de medida preventiva em relação a estoques de diesel A S-10

+
SAIBA MAIS
30 jun 2022

ANP fará consulta e audiência públicas sobre inclusão de operação para emissão de CBIOs

+
SAIBA MAIS
29 jun 2022

BSBIOS e Embrapa desenvolverão cereais de inverno para produção de etanol

+
SAIBA MAIS
29 jun 2022

Fórum Nacional discute oportunidades para o Trigo

+
SAIBA MAIS
27 jun 2022

Biocombustíveis serão tema de debates no Fórum Nacional do Trigo

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO