HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
09 dez 2021 - 15:13
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Emissão de CBios supera em 13,7% a meta de 2021

Volume de CBios emitidos totalizou 28,33 milhões de títulos; créditos atingiram máxima anual de R$ 49,13 em novembro


No acumulado de 2021 até a segunda quinzena de novembro, o volume de emissão de créditos de descarbonização do RenovaBio (CBios) alcançou 28,33 milhões de títulos, superando em 13,7% a meta estabelecida para as distribuidoras em 2021, segundo relatório do Itaú BBA.


Desse total, 17,7 milhões foram aposentados. A maior parte, 10,5 milhões de títulos, foi aposentada na segunda quinzena de novembro.


Já o número de CBios disponíveis no último dia de novembro era de 14,5 milhões de títulos — 58% estão nas distribuidoras, 40% nas produtoras e 2% com partes não obrigadas.


Ainda de acordo com o levantamento do Itaú BBA, o volume de CBios negociado na 2ª quinzena de novembro foi de 2,56 milhões de títulos, uma redução de 7,6% frente à primeira quinzena.


O preço médio das negociações no período registrou máxima anual de R$ 49,13 por título, superando em 35% o preço médio de 2021 até então, de R$ 36,53.


Para 2022, a meta atual definida pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) é de 36 milhões de títulos, devendo chegar a 90,7 milhões de CBios em 2030. Esses valores são revisados anualmente.


O que são os créditos de descarbonização do RenovaBio? 
Os CBios são a parte material da Política Nacional de Biocombustíveis — Renovabio, criada por lei em 2017 e regulamentada em 2019.


O RenovaBio define metas de descarbonização para distribuidores de combustíveis líquidos derivados de petróleo, e busca incentivar a produção de biocombustíveis, como etanol e biodiesel. 


Para cumprir suas metas, distribuidoras de combustíveis precisam adquirir CBios que, por sua vez, são gerados pelos produtores de biocombustíveis certificados para emissão. 


Cada CBio equivale a 1 tonelada de CO2 que deixou de ser emitida na produção de biocombustíveis.


Fonte: epbr

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
26 jan 2022

BSBIOS Paraguay assina memorando de entendimento com a Copetrol para investimento no projeto Omega Green

+
SAIBA MAIS
26 jan 2022

Quando o crédito de carbono cai na sua conta

+
SAIBA MAIS
24 jan 2022

Líder em biodiesel, BSBios congela investimentos com retorno ao B10

+
SAIBA MAIS
24 jan 2022

A negociação de créditos de carbono dispara – e o Brasil tem muito a ganhar com a retomada

+
SAIBA MAIS
20 jan 2022

Biodiesel: Produtores contestam cálculo do MME sobre economia com B10

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO