HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
16 set 2020 - 09:00
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

ECB firma contrato com governo do Paraguai para produção de HVO

O  ECB Group assinou um contrato com o governo do Paraguai que institui uma nova zona franca no país para instalação do projeto Omega Green, complexo projetado para produzir vinte mil barris por dia de diesel verde (HVO) e de bioquerosene de aviação (SPK). Os investimento são estimados em mais de US$ 800 milhões


“Mesmo neste período difícil da pandemia, é uma alegria firmar este contrato de zona franca e confirmar a evolução deste projeto industrial gigante para o Paraguai”, afirmou Liz Cramer, Ministra de Indústria e Comércio do país.


Também assinaram o acordo os ministros paraguaios da Fazenda, Benigno Lopez, e de Obras Públicas e Comunicação, Arnoldo Wiens Durksen.


Essa é a terceira zona franca do Paraguai e a primeira de caráter industrial, com foco na exportação para países da Europa, Ásia e América do Norte – principais destinos do biocombustível que será produzido na planta, como havia adiantado o presidente da ECB Group, Erasmo Battistella em entrevista à epbr.


O complexo Omega Green foi considerado “de interesse nacional” pelo governo paraguaio, devido à sua importância social e econômica para o país, e é considerado o maior investimento privado em um único projeto da história do país. A expectativa é que em dez anos ele vá injetar mais de US$ 8 bilhões na economia do país


Segundo o ECB Group, o projeto deve gerar três mil empregos diretos na fase de construção e cerca de 2.400 diretos e indiretos quando entrar em operação.


“Além da formalização da zona franca que celebramos agora, estão concluídos o estudo de impacto e a licença ambiental, em acordo com os requerimentos e análises técnicas exigidas pelo Ministério do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”, disse Battistella, em nota.


O início das obras está previsto para o começo de 2021, acompanhando a retomada global da economia, com prazo de execução estimado em 30 meses. O complexo será construído na região de Villeta, considerada geograficamente estratégica por ser um distrito portuário e industrial, distante apenas 45 quilômetros da capital Assunção.


Fonte: epbr

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
30 set 2020

Ministro Bento Albuquerque participa de reuniões de Ministros de Energia do G-20

+
SAIBA MAIS
30 set 2020

O futuro do setor não pode esperar

+
SAIBA MAIS
25 set 2020

RenovaBio: ANP revisa metas individuais de distribuidores para 2020

+
SAIBA MAIS
25 set 2020

Grupo de Trabalho Intercâmaras do MAPA avança sobre proposta comum para Reforma Tributária

+
SAIBA MAIS
25 set 2020

Setor avalia oferta e demanda de biodiesel para L76 em reunião de Monitoramento do Abastecimento do Biodiesel

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO