HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
16 abr 2024 - 18:25
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Deputado diz que Petrobras tenta “pegar carona” no Combustível do Futuro

O deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS) afirmou que a Petrobras tenta “pegar carona” no projeto de lei Combustível do Futuro ao defender a inserção do diesel coprocessado, de origem fóssil, no texto. Moreira é presidente da Frente Parlamentar do Biodiesel (FPBio). Ainda de acordo com ele, permitir a inclusão de um hidrocarboneto em um projeto que incentiva os biocombustíveis afetaria “a imagem do país”.


“Querer pegar carona nos biocombustíveis para colocar o diesel coprocessado não é a imagem que queremos passar para o mundo, tampouco levar à COP 30”, disse o parlamentar, durante audiência na Comissão de Infraestrutura do Senado.


Alceu Moreira também afirmou que o texto aprovado pela Câmara que conta com amplo apoio do governo e dá previsibilidade ao setor gerar investimentos vultuosos no país. Sugeriu, entretanto, que a produção do diesel coprocessado, feita exclusivamente pela estatal, seja endereçada em um projeto distinto no âmbito dos esforços da estatal pela transição energética.


“Aliás, não entendo essa insistência em produzir o diesel S500, cancerígeno, venenoso, quando há outras opções”, disse.


 


Governo


Durante a audiência, representantes do governo destacaram a importância do projeto. Marlon Arraes, diretor do Departamento de Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, elogiou o texto aprovado pela Câmara e que os biocombustíveis representam “uma enorme vantagem competitiva para o Brasil”.


Já o diretor de Programa da Secretaria de Reformas do Ministério da Fazenda, Gustavo Henrique Ferreira, apontou que a banda instituída para os mandatos de biodiesel e etanol atenderem às expectativas da pasta. “Nos dá uma flexibilidade importante”, pontuou.


 


Fonte: O Antagonista

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
29 mai 2024

Fórum Nordeste: evento discutirá sustentabilidade e transição energética no Brasil

+
SAIBA MAIS
29 mai 2024

Maioria das emissões de CO2 nas mineradoras vêm de máquinas a diesel

+
SAIBA MAIS
29 mai 2024

Empresas criam metas para reduzir emissões, mas só 47% das grandes companhias fixaram prazo para carbono zero

+
SAIBA MAIS
29 mai 2024

Títulos verdes ganham espaço mas Brasil ainda é o terceiro emissor desses papéis na América Latina

+
SAIBA MAIS
29 mai 2024

Brasil precisa de R$ 249 bilhões anuais para infraestrutura sustentar a transição energética, aponta BNDES

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO