HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
13 dez 2023 - 14:08
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Biodiesel estimula indústria e amplia esmagamento de soja em 2024

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) atualizou as estatísticas mensais do complexo soja no Brasil até outubro de 2023 e as projeções para 2024.


Os dados de janeiro a outubro deste ano, verificados a partir da amostra representativa de cerca de 89,3% da oleaginosa no país indicam que a produção de soja em grão deve chegar a 158,1 milhões de t, com um processamento de 53,6 milhões de t, confirmando os maiores volumes já registrados em toda a série histórica. 


Novos recordes também são observados para os coprodutos da soja. Segundo a estimativa, a produção de farelo será de 41 milhões de t e a de óleo alcança 10,8 milhões. Para as exportações, as projeções são de: i) soja em grão, 100,5 milhões de t; ii) farelo de soja, 22 milhões de t; e iii) óleo de soja, 2,35 milhões de t. A receita projetada proveniente dessas exportações em 2023 é de US$ 67,1 bilhões.


 


SAFRA 2024


 As projeções da ABIOVE para 2024 foram ajustadas, por conta principalmente dos impactos do clima nas lavouras. Mesmo assim, a expectativa é de um grande ciclo. A   produção de soja pode alcançar 161,9 milhões de t, número inferior à última projeção (164,7 milhões).


Já a estimativa de processamento do grão cresce para 54,5 milhões de t, especialmente em função do aumento da mistura de biodiesel adicionado ao diesel comercial que, conforme cronograma do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), sobe dos atuais 12% (B12) para 13% (B13) a partir de março do ano que vem. A produção dos derivados da soja também sinaliza crescimento. A de farelo vai para 41,7 milhões de t e a da de óleo de soja para 11 milhões de t.


As exportações foram reavaliadas para: i) soja em grão, 100,2 milhões de t; ii) farelo de soja, 21,6 milhões de t; e iii) óleo de soja, 1,6 milhão de t, sendo este menor volume em razão do maior consumo doméstico do produto. Por fim, a expectativa é de que as exportações dos produtos do complexo soja em 2024 gerem US$ 64 bilhões em divisas: US$ 52,6 da soja em grão, US$ 9,7 bilhões do farelo e US$ 1,7 bilhões do óleo.


 


Fonte: Folha de S. Paulo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16 abr 2024

Previsibilidade e segurança jurídica: APROBIO destaca importância do PL Combustível do Futuro em audiência no Senado

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Planeta bate novo recorde de calor e especialistas explicam preocupação

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Aquecimento global vai parar na Justiça: crescem casos de litigância climática contra desmatadores

+
SAIBA MAIS
16 abr 2024

Deputado diz que Petrobras tenta “pegar carona” no Combustível do Futuro

+
SAIBA MAIS
15 abr 2024

Combustível do Futuro terá investimentos de R$ 200 bi, diz Alceu Moreira

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO