HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
06 mar 2024 - 10:05
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Biocombustíveis são um caminho para o protagonismo do Brasil

Artigo de opinião de Silvio Roman, diretor de Biodiesel do grupo Delta Energia e diretor do Conselho Administrativo da APROBIO


O Brasil está perto de dar um importante passo rumo ao desenvolvimento sustentável dos biocombustíveis no país. O diesel tem em sua composição 14% de biodiesel, desde o início deste mês de março. O aumento de 2% da mistura ao combustível não só agrega valor ao produto, como traz benefícios sociais, econômicos, ambientais e impactos positivos à saúde pública.


As recentes definições do governo são um alento para os setores do biodiesel e do agronegócio –que vislumbram aquecimento dos negócios– e abrem o caminho para o país protagonizar globalmente uma transição energética que percebe o uso de combustíveis limpos e renováveis como uma alternativa para a diminuição da emissão de gases de efeito estufa, responsáveis pelas mudanças climáticas que têm impactado o planeta.


O biodiesel é um dos setores com forte potencial para colocar o Brasil na liderança da transição energética. A indústria está preparada para atender aos mercados nacionais e internacionais porque tem:


- estrutura de mais de 60 usinas;
- capacidade de produção de 14,3 bilhões de litros de combustível por ano;
- parque fabril ávido para ampliação;
- matéria-prima farta; e
- políticas públicas convergentes à demanda global de descarbonização.


Destaca-se ainda que o setor já estava coordenado para atuar em 2023 com 15% de biodiesel ao óleo diesel. Entretanto, uma resolução do governo de 2018 foi revisada em virtude da crise sanitária de covid-19, alterando a trajetória socioeconômica. Só em 2023 voltou-se a ter avanços que, hoje, permitem ao setor seguir com mais confiança.


As expectativas são positivas para os próximos 2 anos. Os percentuais de 14% de biodiesel ao diesel em 2024, e 15% em 2025, vão movimentar a economia. São esperados impactos na cadeia produtiva dos biocombustíveis e do agronegócio.


O biodiesel é, hoje, um importante estimulador da criação de empregos. Com as novas diretrizes, a expectativa é de bons resultados para a sociedade e para os pequenos produtores que fornecem insumos às empresas do setor.


O ano de 2023 foi a retomada da categoria. O aumento de 10% para 12% da mistura proporcionou a entrega de 7,34 bilhões de litros de biodiesel e um crescimento de 19,4% em comparação a 2022. Para 2024, o governo projeta números mais animadores: 8,9 bilhões de litros produzidos, um incremento de 22% da produção em relação a 2023. O mercado está confiante, mas não podemos perder de vista que o setor de energia necessita de planejamento de longo prazo para projetar investimentos.


Para seguir em curva ascendente em biocombustíveis, é preciso cronograma, diretrizes e políticas públicas com olhar de futuro. Essas definições são essenciais para o país assumir a liderança na transição energética.


O Brasil tem uma rica matriz e, nesse cenário, os biocombustíveis assumem papel crucial para o país ser protagonista da redução do uso de combustíveis fósseis e da diminuição da emissão de gases de efeito estufa.


O caminho para o protagonismo do Brasil na transição energética está aberto. Daqui a 10 anos, o setor projeta ser referência mundial em biocombustíveis, com práticas e políticas econômicas, sociais e ambientais benéficas à sociedade. Que o país seja exemplo em diminuição da poluição, melhoria da qualidade do ar, aumento de emprego e renda e benefícios à saúde pública para todo o planeta.


 


Fonte: Poder 360

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
12 abr 2024

ANP autoriza teste de uso de biodiesel 100% em frota marítima fluvial

+
SAIBA MAIS
12 abr 2024

Incentivo a 'combustíveis do futuro' será debatido na Comissão de InfraestruturaFonte: Agência Senado

+
SAIBA MAIS
12 abr 2024

Luciana Santos anuncia aporte de R$ 1 milhão para pesquisa da UFPE na área de biocombustível

+
SAIBA MAIS
11 abr 2024

Governo Lula e agro se aproximam por biocombustíveis

+
SAIBA MAIS
11 abr 2024

As idosas suíças que ganharam o 1º caso sobre mudanças climáticas na Justiça

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO