HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
28 mai 2021 - 18:23
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

APROBIO oferece acesso aos estudos que aprovaram a evolução da mistura do biodiesel

No Brasil a utilização de biocombustíveis sempre é precedida de uma série de testes, coordenados pelo Governo Federal. No caso do biodiesel, a análise foi iniciada pelo na época Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), que liderou os testes para aprovação do uso da mistura mínima de 5% (B5). Posteriormente, o Ministério de Minas e Energia (MME) coordenou duas baterias de testes para aprovar a utilização do B10 e, mais recentemente, a utilização do B15.


A APROBIO disponibiliza aqui o acesso à íntegra dos relatórios que consolidam os testes e ensaios para validação da utilização de Biodiesel B10 e B15 em motores e veículos, resultado das discussões do Grupo de Trabalho para Testes com Biodiesel (Portaria MME nº 262/2016 e Portaria MME nº 80/2017).


https://aprobio.com.br/arquivos/2019_02_28_Relatorio-B15-B20.pdf


https://aprobio.com.br/arquivos/2018_04_30_Relatorio-Testes-B10.pdf


Os dois documentos contaram com a participação de várias entidades e empresas do setor automotivo e de distribuição.


Importante destacar entre as conclusões que:


“1 – Os testes realizados com diferentes amostras de B10, caracterizadas conforme descritos nesse trabalho, inclusive quanto à especificação, tiveram seus resultados aprovados na aplicação com os diferentes sistemas, motores, equipamentos e veículos. Não houve qualquer problema reportado pelas empresas durante seus ensaios dentro da planilha de testes previamente aprovada.”


“3 – Ressalta-se que a manutenção da qualidade do combustível depende de aplicação consistente de regras de boas práticas no manuseio e armazenagem, na produção e na comercialização, até o usuário final.


Portanto, o uso da mistura de 10% de biodiesel no diesel (mistura B10) foi amplamente testado e aprovado, nos termos descritos neste trabalho.”


No relatório de 2019, a entidade que representa o setor automotivo indicou que “o aumento do teor de biodiesel no óleo diesel para 15% deve ser precedido de alterações na especificação do combustível, que garantam o aumento da estabilidade do mesmo, pois, ao que tudo indica, esta foi a principal causa para a formação dos depósitos em filtros e injetores, com consequências no desempenho do veículo e aumento na periodicidade da troca de óleo e filtros”.


O setor fez os investimentos necessários que permitiram aprimorar as especificações do biodiesel e atender à solicitação dos representantes do setor automotivo, o que garantiu o caminho à ampliação prevista da mistura. Na oportunidade a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP, em conformidade com o setor produtor de biodiesel, com a Resolução ANP n° 798/2019 alterou a Resolução ANP nº 45/2014, que estabelece as especificações de qualidade de biodiesel, para determinar a obrigatoriedade da aditivação do biodiesel com antioxidante e estabelecer novo limite de especificação da característica estabilidade à oxidação, que foi aumentada de 8 para 12 horas.


A especificação do biodiesel brasileiro já tem parâmetros muito mais severos do que os que são praticados na Europa, o que faz do produto brasileiro um produto superior. São inúmeros os programas de testes realizados pelo Brasil e toda a produção de biodiesel é acompanhada de relatório de conformidade do produto. Há grupos de usinas que passaram a entregar seus produtos, de forma deliberada, com parâmetros ainda mais restritivos do que os pedidos pelas especificações ANP e já houve manifestação do setor solicitando à ANP ainda maior rigor em alguns parâmetros, buscando aprimorar ainda mais as especificações. A melhoria do setor é contínua.


Disponibilizamos ainda para leitura o “Parecer Econômico sobre os Impactos da Redução da Mistura Mínima Obrigatória de Biodiesel ao Óleo Diesel Comercial” elaborado pela GO Associados neste link.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
28 set 2021

Bolsonaro aprova resoluções relacionadas à exploração de petróleo e gás natural

+
SAIBA MAIS
28 set 2021

O que são combustíveis fósseis e como viveremos sem eles no futuro próximo?

+
SAIBA MAIS
28 set 2021

Como o Brasil pode embarcar no mercado bilionário de créditos de carbono?

+
SAIBA MAIS
27 set 2021

Em carta, grandes empresas pedem protagonismo do Brasil na agenda verde

+
SAIBA MAIS
27 set 2021

Comissão realiza debate sobre a mistura do biodiesel nos combustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO