HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADOS
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
20 set 2019 - 09:10
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Os biocombustíveis e a discussão sobre o clima em Nova York

Na próxima semana, os olhos do mundo estarão voltados para Nova York (EUA) e as mudanças climáticas no planeta

Lideranças políticas e membros da sociedade civil organizada começam a discutir os desafios e as soluções possíveis para os efeitos do aquecimento global em uma série de eventos. O calendário inclui a Cúpula do Clima, na sede da Organização das Nações Unidas na segunda-feira (23), e uma série de outros painéis e reuniões paralelas à Assembleia Geral da ONU, que será aberta na terça-feira pelo presidente Jair Bolsonaro.

O mandatário brasileiro confirmou sua ida a Nova York e antecipou parte do discurso que levará à comunidade internacional em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, na quinta-feira (19), com enfoque na soberania nacional e nas ações do país para combater as queimadas e o desmatamento ilegal. Ao lado do diretor do Departamento de Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Miguel Ivan Lacerda, Bolsonaro destacou as políticas de biocombustíveis do país e seus impactos positivos para a redução das emissões de gases de efeito estufa.

Lacerda falou da importância do RenovaBio, o qual classificou de 'maior política de transição energética do mundo'. 'O programa vai remunerar a retirada de carbono, pagar pela eficiência, sem subsídios, sem criar imposto, só criando os mecanismos legais para fazer a compensação de carbono', afirmou o diretor do MME. 'Significa 700 milhões de toneladas de carbono retirados da atmosfera.'

As questões ambientais e as mudanças climáticas estão no centro da agenda dos eventos que serão realizados em Nova York. A ONU tem dado ênfase na necessidade de o mundo reduzir as emissões de gases de efeito estufa rumo a uma economia de menor pegada de carbono.

'O biodiesel e os demais biocombustíveis, como o diesel renovável, são fundamentais para a humanidade rumo a uma economia de baixo carbono. A redução das emissões e a substituição dos combustíveis fósseis por energia limpa e renovável é a agenda do presente', afirma o presidente do Conselho de Administração da APROBIO, Erasmo Carlos Battistella.
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
17 fev 2020
APROBIO participa de reunião sobre mudanças no modelo de comercialização do biodiesel
+
SAIBA MAIS
14 fev 2020
Lançamento do Plano Decenal de Expansão de Energia - 2020/2029 -, pelo ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Leite
+
SAIBA MAIS
14 fev 2020
Poluição custa US$ 8 bilhões por dia e mata 4 milhões de pessoas no ano
+
SAIBA MAIS
13 fev 2020
Venda de veículo a gasolina ou diesel pode ser proibida no Brasil em 2030
+
SAIBA MAIS
12 fev 2020
Instituto Fórum do Futuro apresenta projetos de desenvolvimento sustentável para a agricultura
+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO