HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
28 set 2017 - 05:07
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

No Brasil, produtores de soja dividem atenção entre início do plantio e possibilidade de oportunidades de comercialização

Na última quarta-feira (27), mercado em Chicago, mais uma vez, caminhou de lado, observando clima para colheita nos EUA e plantio no Brasil, se contrapondo à força da demanda e à maior competitividade da soja norte-americana. No mercado interno, esmagamento maior para este ano pode favorecer formação dos preços.


Agora, com 10% da área de soja dos Estados Unidos colhida e relatos de produtividade que estão dentro do esperado, o mercado começa a levar em consideração o peso da entrada da safra.

O produtor norte-americano, que tradicionalmente vende antecipado e no momento da colheita, tem boa parte da soja vendida. Neste momento, há uma retração das vendas por conta dos preços, que são baixos tanto para eles quanto para os brasileiros. O apetite chinês se volta para os Estados Unidos e segue bastante agressivo, o que oferece suporte do lado positivo da balança.

Paralelamente, o clima na América do Sul também começa a entrar no radar. A previsão de uma melhora climática no Brasil em outubro também é um dos fatores que precificam Chicago. Do lado argentino, onde os trabalhos de plantio ainda não começaram, chama a atenção a política americana envolvendo o biodiesel deste país e da Indonésia - fator que, se continuar, pode chamar a atenção na próxima safra, sobretudo para os derivados.

Neste momento, o produtor brasileiro tem sua atenção voltada mais para o clima e para a preparação do plantio do que para a comercialização, uma vez que Chicago não chega nos níveis desejados. Cerca de 12% a 15% da safra nova foram negociados até o momento apenas, quando o normal para o período seria 20%.

A dica para o produtor rural é: não tire o olho do mercado neste momento.

Clique aqui para assistir a reportagem.

Fonte: Notícias Agrícolas
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
02 jun 2020

Economia ambientalista para superar a crise causada pela COVID-19

+
SAIBA MAIS
02 jun 2020

Artigo: Combate à poluição será prioridade em saúde

+
SAIBA MAIS
29 mai 2020

Bioenergia e bioeconomia: é preciso manter o rumo certo

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Curso sobre mudanças climáticas online e gratuito é lançado pela ONU

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Desafio de universalizar acesso une instituições públicas e privadas

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO