HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
19 out 2017 - 02:01
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

EUA e o sucesso das políticas estaduais de incentivos ao biodiesel

O programa de política estadual do Conselho Nacional de Biodiesel (National Biodiesel Board) tem sido uma peça fundamental no avanço do mercado de biodiesel


O National Biodiesel Board (NBB) tem se mostrado uma importante voz de coordenação para a indústria de biodiesel nos EUA. O programa que incentiva a política estadual, capitaneado pela NBB, tem sido uma peça fundamental no avanço do mercado de biodiesel e um instrumento de coordenação para produtores e agentes interessados. Neste ano, o setor pode acompanhar um série de marcos políticos que ajudarão a construir uma valiosa demanda de mercado para o biocombustível no país.


Na costa oeste, a redução do carbono

O biodiesel desempenha um papel fundamental nas políticas da Costa Oeste focadas em redução de carbono. A continuação da implementação bem sucedida do Padrão de Combustível de Baixo Carbono da Califórnia e do Programa de Combustíveis Limpos de Oregon, aumentou a demanda por biodiesel nos dois estados de 315 milhões de galões para 455 milhões de galões, respectivamente, em 2017. Esses volumes geraram créditos de carbono superiores a US $ 250 milhões em valor real, que foi injetado de volta na própria indústria.


A California Air Resources Board (CARB) anunciou em julho a aprovação de um aditivo mitigante de NOx para misturas de biodiesel, desenvolvido através de um esforço liderado pelo NBB ao longo de mais de 18 meses. As misturas B20 agora são certificadas como o combustível líquido de menor emissão e estão disponíveis para todo o estado da Califórnia.


Nova York expande o bio aquecimento para alcançar um ar mais limpo

Na costa leste, o estado de Nova York aprovou legislação neste ano, exigindo B5 - o Bioheat - em oito condados, medida que começa a valer em 2018. O projeto expandirá o padrão de mistura de biodiesel da cidade de Nova York para 70% dos residentes ou quase 14 milhões de pessoas. ]


"Nova York tem sido um líder em reconhecer os benefícios ambientais, de saúde pública e econômicos do biodiesel, não apenas em aplicações de transporte, mas também no mercado de óleo de aquecimento", disse Shelby Neal, diretor de assuntos governamentais do NBB. "Cumprimentamos o governador Cuomo por assinar este importante projeto de lei que proporcionará um ar mais limpo para mais nova-iorquinos melhorando as emissões do óleo de aquecimento. Aumentar o uso de Bioheat, no maior mercado de óleo de aquecimento do país, também apóia empregos locais no setor de energia limpa", ressaltou Neal. A cidade mistura biodiesel ao diesel desde 2012, antes no volume de 2% e desde 01 de outubro desse ano, 5%.


Illinois e Minnesota, sempre em frente 

Os campeões de biodiesel no Centro-Oeste continuam a desenvolver esforços comprovados que apoiam o crescimento do mercado de biodiesel. Este ano, Illinois aprovou uma extensão de cinco anos de sua isenção de imposto sobre misturas de biodiesel 10%, o chamado B10. A política tornou Illinois um dos maiores mercados de biodiesel do país, com mais de 150 milhões de galões consumidos anualmente.


"O incentivo fiscal de vendas de biodiesel em Illinois tem sido uma política tremendamente bem-sucedida, apoiando o crescente mercado de biocombustíveis avançados fabricados nos Estados Unidos", disse Neal. "Essa política estimula a atividade econômica, apóia os combustíveis produzidos nos EUA e agrega valor à economia agrícola. Illinois é um dos cinco principais nomes do biodiesel no país, produzindo e consumindo o produto, e esta extensão ajudará a manter o estado como líder da indústria".


Minnesota, o primeiro estado a exigir uma mistura de biodiesel em 2005, está pronto para outro passo histórico. O estado anunciou recentemente que está pronto para o B20 e deve implementar o aumento da mistura em 1 de maio de 2018. Uma vez implementado, o requisito será efetivo de abril a setembro voltando para B5 nos meses de inverno.


"Minnesota tem sido um líder visionário na política de biodiesel há 15 anos. Esse marco não poderia ter sido alcançado sem o trabalho árduo e os esforços dedicados dos membros do NBB e dos produtores desse setor", finalizou Neal.


Para ter acesso ao artigo no idioma original, clique aqui.


Fonte: Biodiesel Magazine

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
28 mai 2020

Curso sobre mudanças climáticas online e gratuito é lançado pela ONU

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Desafio de universalizar acesso une instituições públicas e privadas

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Mercado Biocombustíveis de aviação 2020: Novo relatório sobre a situação atual e o crescimento esperado no futuro

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

União Europeia lança plano de recuperação econômica com incentivos verdes

+
SAIBA MAIS
27 mai 2020

Mapa lança nesta quarta-feira (27) o Programa Nacional de Bioinsumos

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO