HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
23 ago 2017 - 06:49
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Estudo de médicos contesta limite aceitável de poluição em São Paulo

Só oito estados têm sistemas de monitoramento da qualidade do ar. Índices estão muito além do nível estabelecido pela OMS.


Um estudo conduzido por médicos, em São Paulo, levantou dúvidas sobre a validade dos limites oficiais aceitáveis de poluição.

O trabalho do Instituto Saúde e Sustentabilidade é uma releitura, sob a visão da saúde de um relatório da Cetesb, a Companhia Ambiental Paulista. Ele reconhece que o estado tem a melhor rede de monitoramento ambiental de poluição do ar da América Latina. Mas aponta que as concentrações de poluentes consideradas seguras pela Cetesb causam danos à saúde da população.

Só oito estados brasileiros têm sistemas de monitoramento da qualidade do ar e, mesmo esses, estão longe de limitar a poluição aos níveis estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde. São Paulo e Espírito Santo se adiantaram, há quatro anos, e baixaram os limites em relação aos adotados pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente.

No caso do poluente mais nocivo, o material particulado, suspenso no ar, a redução foi de 150 para 120 microgramas por metro cúbico. No padrão da OMS, o limite seguro é de 50 microgramas.

Continue lendo aqui.

Fonte: G1
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
29 mai 2020

Bioenergia e bioeconomia: é preciso manter o rumo certo

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Curso sobre mudanças climáticas online e gratuito é lançado pela ONU

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Desafio de universalizar acesso une instituições públicas e privadas

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

Mercado Biocombustíveis de aviação 2020: Novo relatório sobre a situação atual e o crescimento esperado no futuro

+
SAIBA MAIS
28 mai 2020

União Europeia lança plano de recuperação econômica com incentivos verdes

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO