HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
VÍDEOS
CONHECA O BIODIESEL
CONTATO
NOTÍCIA
22 dez 2016 - 09:41
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

China lança seu 1º satélite de controle de emissões de dióxido de carbono

O programa espacial da China lançou nesta quinta-feira seu primeiro satélite de controle global das emissões de dióxido de carbono, o principal gás causador do aquecimento global, a fim de observar que países cumpram ou não com seus compromissos na luta contra a mudança climática.

O aparelho, chamado TanSat e de 620 quilos de peso, foi lançado do Centro de Jiuquan, no Deserto de Gobi (noroeste do país), e orbita a 700 quilômetros da Terra, sincronizado com o Sol, informaram os responsáveis da missão através da agência oficial de notícias "Xinhua".


A China é o terceiro país do mundo, depois de Estados Unidos e Japão, que disporá deste tipo de satélite, com o qual a segunda maior economia do mundo - maior emissor de CO2 do planeta - procura "entender melhor a mudança climática e dispor de dados independentes" para a elaboração de políticas ambientais, afirmou a "Xinhua".


"O TanSat examinará os níveis planetários de CO2 a cada 16 dias, com uma margem de erro inferior a quatro partículas por milhão, e será capaz de detectar variações atmosféricas mínimas", afirmou Ying Zengshan, chefe da equipe de projeto do aparelho no instituto de pesquisa de satélites da Academia Chinesa de Ciências.


"O novo satélite dá mais voz à China na mudança climática, na redução de emissões e nas negociações, com maiores argumentos no comércio destas", destacou a agência "Xinhua".


Fonte: EFE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19 mai 2022

Decreto cria mercado regulador de crédito de carbono no Brasil

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

ONU lança plano para impulsionar uso de energias renováveis

+
SAIBA MAIS
19 mai 2022

Por que engolimos o que a indústria petroleira e os ambientalistas nos dizem?

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

O biodiesel pode ajudar a combater as desigualdades de saúde em comunidades carentes de Justiça Ambiental

+
SAIBA MAIS
18 mai 2022

Dez países que estão recuando nas políticas para biocombustíveis

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-001 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO