HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
22 nov 2017 - 03:59
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

Biocombustíveis estiveram na pauta do Brasil na COP23

Semana passada, durante a COP23, em Bonn, na Alemanha, 20 nações se comprometeram a promover a bioeconomia e reduzir emissões no setor de transportes, em linha com as propostas da Plataforma Biofuturo. Lançada pelo Brasil na Conferência do Clima em 2016, a iniciativa visa facilitar o diálogo político entre os países membros, academia e setor privado para implementarem alternativas sustentáveis de baixa emissão de carbono em substituição a combustíveis fósseis. Esse grupo de países representa metade da população mundial e 37% da economia global.


"A Plataforma Biofuturo é um reconhecimento de que os biocombustíveis são necessários para a redução de emissões de gases de efeito estufa e, consequentemente, a diminuição do aquecimento do clima. O Brasil, como um dos principais exportadores do biocombustível, torna-se um player importante nesse novo movimento", afirma Elizabeth Farina, diretora-presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA).


Do lado nacional e paralelamente a esse anúncio, o Brasil também defende maior participação dos biocombustíveis em sua matriz energética, por meio da política nacional de biocombustíveis, o  RenovaBio. O programa, que visa descarbonizar o setor de transportes, foi protocolado nesta semana na Câmara dos Deputados e segue para aprovação do Congresso. "Pela primeira vez, o País mostra o que espera dos biocombustíveis no longo prazo, com uma política de Estado alinhada às metas assumidas no Acordo de Paris", completa Farina.


Os países signatários da Plataforma Biofuturo são: Argentina, Brasil Canadá, Dinamarca, Egito, Finlândia, França, Índia, Indonésia, Itália, Marrocos, Moçambique, Holanda, Paraguai, Filipinas, Suécia, Reino Unido e Uruguai.


Fonte: Meio Filtrante
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
05 jun 2020

MME abre consulta pública sobre metas de redução de emissões do RenovaBio

+
SAIBA MAIS
04 jun 2020

Como acelerar as grandes transições em prol do Desenvolvimento Sustentável na era pós-COVID?

+
SAIBA MAIS
04 jun 2020

Biocombustíveis: o futuro do Brasil

+
SAIBA MAIS
04 jun 2020

CNPE aprova medidas com vistas à retomada da economia pós-pandemia

+
SAIBA MAIS
04 jun 2020

APROBIO avalia que setor de biodiesel tem boa perspectiva de retomada no pós-pandemia

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO