HOME
ASSOCIAÇÃO
QUEM SOMOS
ASSOCIADAS
PRETENDENTES
LEGISLAÇÃO
SELO COMBUSTÍVEL SOCIAL
RENOVABIO
ESTUDOS TÉCNICOS
PNPB
LEGISLAÇÃO
MERCADO
SUSTENTABILIDADE
NOTÍCIAS
CONTATO
NOTÍCIA
24 set 2018 - 13:36
COMPARTILHAR
Compartilhar - Linkedin
Compartilhar - Facebook
Compartilhar - Twitter

AgRural vê safra de soja do Brasil em recorde de 120,3 mi t e plantio acelerado

A safra de soja do Brasil 2018/19 deverá atingir um recorde de 120,3 milhões de toneladas, aumento de 1 milhão de toneladas na comparação com a histórica temporada anterior, estimou nesta sexta-feira a consultoria AgRural.

A consultoria, que elevou em 100 mil hectares a previsão de plantio ante o levantamento de agosto, para um recorde de 35,8 milhões de hectares, afirmou que os trabalhos começaram de forma antecipada nesta temporada, beneficiados por chuvas especialmente no Paraná.





Na temporada passada, o Brasil, maior exportador global, plantou uma área de soja de 35,15 milhões de hectares.

"O aumento de área é efeito dos bons resultados de produtividade e rentabilidade da safra 2017/18 e da expectativa, por parte dos produtores, de preços atraentes em reais", disse a AgRural em nota, lembrando que a estimativa de produção leva em conta uma linha de tendência de produtividade.

Como a safra está só no seu início, dependerá das condições climáticas para confirmar as previsões de produção --a colheita da soja em geral se intensifica no início do ano.

A queda dos preços em dólar, que dificulta o avanço dos negócios antecipados em parte do Cerrado, e a nova tabela do frete rodoviário, contudo, limitam a expansão da área de soja, observou a consultoria. Em Chicago, os contratos futuros estão oscilando perto de mínimas em dez anos.

"A decisão de alguns produtores de plantar mais milho na primeira safra é outro fator que impede um avanço maior da oleaginosa", acrescentou a consultoria.







Foi o mais precoce plantio já registrado no histórico da AgRural (iniciado 12 anos atrás) para o segundo produtor da oleaginosa no Brasil, em linha com dados do governo paranaense reportados pela Reuters na semana passada.

Até quinta-feira, 11,2 por cento da área do Paraná já estava semeada no Estado, ante 1,7 por cento no ano passado e 1,9 por cento na média de cinco anos, segundo dados da AgRural.

Em Mato Grosso, líder na produção de grãos do Brasil, o plantio também começou com o fim do vazio sanitário contra o fungo da ferrugem e as primeiras chuvas. Os trabalhos se concentram mais nas regiões oeste e norte.

A AgRural apontou que o plantio em Mato Grosso atingiu 0,6 por cento da área de soja do Estado.

Já o Imea, órgão ligado ao setor produtivo, informou nesta sexta-feira que o plantio avançou para 0,8 por cento da área, leve alta ante a temporada passada.

Em Mato Grosso do Sul, algumas áreas pontuais já foram semeadas no norte. Também já há plantio em Rondônia, acrescentou a consultoria.

Fonte: Reuters São Paulo
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03 ago 2020

Brasil é o único país que consegue produzir e preservar, diz Tereza Cristina

+
SAIBA MAIS
31 jul 2020

Alta do óleo de soja não prejudica biodiesel

+
SAIBA MAIS
30 jul 2020

Indústria abre ofensiva contra revisão nas metas do RenovaBio

+
SAIBA MAIS
28 jul 2020

Mercado para biocombustíveis avançados, com Erasmo Battistella

+
SAIBA MAIS
27 jul 2020

Manifesto em defesa do RenovaBio é encaminhado ao MME, afirma Unica

+
SAIBA MAIS
TODAS AS NOTÍCIAS
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 – cj. 91
Jardim Paulistano
01452-911 – São Paulo/SP
+55 11 3031-4721
APROBIO