17 de fevereiro de 2019

Compartilhar , , Google Plus , Pinterest ,

Imprimir

Posted in:

ANP espera que L64 movimente até 985 milhões de litros

Foi realizada quarta-feira (28) a reunião do Comitê de Monitoramento do Abastecimento de Biodiesel (CMAB) que avaliou as perspectivas para o 64º Leilão de Biodiesel. O processo vai negociar o biodiesel que será usado pelo mercado obrigatório e autorizativo durante o primeiro bimestre de 2019.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o processo deverá movimentar entre 965 e 985 milhões de litros. No geral, a projeto foi considerada excessivamente otimista pelos presentes.

As vendas de biodiesel no leilão correspondente ao primeiro bimestre de 2018 – o L58 – foram de 713,3 milhões de litros. Os números da ANP mostram um aumento de demanda entre 35,3% e 38,1%. Mesmo descontando os efeitos da adoção do B10 acontecida em março passado, ainda seria preciso que a demanda nacional de óleo diesel crescesse entre 16,9 e 19,3% para viabilizar uma demanda tão grande.

“Ninguém tem bola de cristal. Mas a não ser que tenhamos um crescimento muito fora da curva, a projeção da ANP não deve se concretizar”, avaliou o diretor superintendente da Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio), Julio Minelli. “O lado positivo é que, mesmo com esses números superdimensionados, todos os participantes da CMAB se mostraram seguros de que a oferta do leilão seria suficiente para atender à demanda”, prossegue.

Entre 2017 e 2018, o consumo de diesel no primeiro bimestre se expandiu 3,3%. Se o crescimento entre 2018 e 2019 simplesmente se repetisse, a demanda de biodiesel seria de 852,9 milhões de litros.

Última

A reunião da CMAB desta quarta-feira foi a última a ser realizada sobre a atual gestão do MME. Oficializado em janeiro do ano passado, o colegiado reúne periodicamente governo, fabricantes e distribuidoras para nivelar informações a respeito das expectativas de consumo e oferta de biodiesel

De acordo com o coordenador-geral de combustíveis renováveis do MME, Ricardo Gomide, estão sendo realizadas reuniões com a equipe de transição do governo Bolsonaro para repassar as informações do atual cenário do setor.

Fonte: BiodieselBR

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721

Back to Top