21 de agosto de 2018

Compartilhar , , Google Plus , Pinterest ,

Imprimir

Posted in:

Inovação e avaliação técnica para incrementar a cadeia produtiva do biodiesel

Elaborar propostas de ações com foco em inovação na cadeia produtiva de oleaginosas e biodiesel é o objetivo do grupo de trabalho (GT) que se reuniu na quarta-feira (25), em Brasília. Sob coordenação de Bruno Laviola, da Embrapa Agroenergia, o GT vai traçar metas para o setor voltadas aos próximos dez anos e propor uma série de medidas para alcançá-las, considerando uma avaliação das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças (SWOT, na sigla em inglês) do setor de biodiesel.

Como meta global, o grupo trabalha com um cenário em que o Brasil adote a mistura B20 até 2028, o que acarretaria em uma demanda doméstica anual de 18 bilhões de litros de biodiesel. Para tanto, espera-se que, daqui a dez anos, 15% do biocombustível seja produzido a partir de novas matérias-primas, o que significa desenvolver cadeias capazes de suprir um volume estimado em 2,6 milhões de toneladas de óleo vegetal ou materiais graxos. Em 2017, 71,6% do biodiesel brasileiro foi feito a partir do óleo de soja.

Os próximos passos do GT serão aprofundar o mapeamento apresentado pela Embrapa sobre oleaginosas com potencial para servir de matéria-prima para o biodiesel e ajudar o setor a atingir a meta traçada.

“É um trabalho amplo que esperamos poder balizar uma nova agenda estratégica para a Câmara Setorial”, afirmou Julio Cesar Minelli, diretor superintendente da APROBIO e presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Oleaginosas e Biodiesel do Ministério da Agricultura. Além dele, o assessor técnico da APROBIO, Antonio Carlos Ventilii, participou da reunião do GT na quarta-feira.

O grupo reúne diversos agentes da cadeia produtiva e associações representativas do setor. De forma técnica e qualificada, será possível construir políticas públicas eficientes e viabilizar um cronograma que dê previsibilidade e segurança ao setor de biodiesel, com aumentos graduais da mistura, como tem defendido a APROBIO.

Assine a news #VISAOAPROBIO e receba esse conteúdo em primeira mão visaoaprobio@aprobio.com.br

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721

Back to Top