17 de fevereiro de 2019

Compartilhar , , Google Plus , Pinterest ,

Imprimir

Posted in:

As lições de Barcelona, Havana e Tianjin para tornar as cidades brasileiras mais autossuficientes

Hortas urbanas, redes de trocas e fábricas comunitárias estão entre as iniciativas adotadas pelas três metrópoles para ampliar autonomia e reduzir consumo de combustíveis fósseis.

Ao bloquear carregamentos nas estradas e impedir o reabastecimento de postos, a recente greve dos caminhoneiros deixou várias cidades brasileiras à beira do colapso. Em muitas delas, serviços de ônibus e de coleta de lixo foram reduzidos, mercados ficaram com prateleiras vazias e hospitais cancelaram cirurgias.

Os efeitos da greve poderiam ter sido menores caso as cidades brasileiras seguissem políticas adotadas por Barcelona, Havana e Tianjin – três metrópoles que, por razões distintas, buscaram ampliar a autossuficiência e reduzir a dependência de combustíveis fósseis.

Entre as iniciativas desenvolvidas estão hortas urbanas em áreas ociosas, redes de trocas de objetos, fábricas comunitárias e túneis subterrâneos para coleta de lixo.

A BBC News Brasil descreve a seguir algumas das políticas que tornaram as três cidades alvo de grande interesse entre urbanistas.

Clique aqui e continue lendo.

Fonte: Metro Jornal

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721

Back to Top