17 de junho de 2019

Compartilhar , , Google Plus , Pinterest ,

Imprimir

Posted in:

Dia Internacional do Biodiesel

A frase acima, atribuída a Rudolf Diesel, hoje pode ser vista como premonitória, pois, os óleos vegetais, constituem matéria-prima importantíssima para a produção de biodiesel – originado também da gordura animal.

A comemoração deve-se ao fato de que no dia 10 de agosto de 1893 – Diesel utilizou o primeiro motor à combustão interna a pistões que explorava os efeitos de uma reação química, um fenômeno natural, que acontece quando o óleo é injetado num recipiente com oxigênio, causando uma explosão ao misturar-se.

Para realizar o feito, o engenheiro utilizou óleo de amendoim obtido através da transesterificação. O resultado do processo foi o registro da patente de seu motor-reator em 23 de fevereiro de 1897, desenvolvido para trabalhar com óleo de origem vegetal.

Entretanto, em sua homenagem, Diesel acabou “batizando” o produto oleoso obtido na primeira fase de refino do petróleo bruto. Isso não quer dizer que todos os motores a injeção sejam obrigados a funcionar com óleo diesel. Desde que regule a pressão no sistema de injeção, um motor pode passar a funcionar com qualquer tipo de óleo, seja ele de origem vegetal ou animal.

Para você que quer saber mais sobre o biodiesel brasileiro e seus benefícios navegue pelo site ou clique aqui para conferir o conteúdo.

Texto com adaptação – Aprobio

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721

Back to Top