Veneza, na Itália, vai investir em óleo reciclado para o transporte público

O combustível para transporte público terá um aumento de 15% da reutilização de óleos domésticos, em sua fórmula, coletados pela cidade

Pra você que planeja visitar Veneza, na Itália, saiba que muito do que consumir nos restaurantes de lá, principalmente Fritatta – uma especialidade da culinária italiana feita a base de ovos e claro, frita em óleo – estará contribuindo para gerar combustível renovável ou como eles denominam, “ecodiesel”.

A  prática da “economia circular”, que consiste em recuperar recursos que de outra forma seriam dispersos, será aplicada a partir de 1 de abril – e por um período de sete meses em forma experimental – no vaporetto que corre ao longo do Grande Canal, um dos destinos turísticos mais populares do planeta.

O município de Veneza, a multinacional petrolífera Eni e as empresas municipais de transporte público da Lagoa assinaram um acordo segundo o qual os veículos de transporte venezianos serão alimentados com o biocombustível produzido a partir do óleo comestível usado pelos moradores e restaurantes da cidade. O processo será realizado na refinaria do Porto Marghera.

Clique aqui para continuar lendo a matéria original.

Fonte: Corriere Della Sera

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721