Ecologistas da França exigem que o país entre na trilha da descarbonização

O Conselho de Paris, aliado a uma rede de ecologistas da França – Groupe Écolo de Paris (GEP) – que inclui políticos e ambientalistas eleitos, acaba de lançar um manifesto “Desejo uma Paris Descarbonizada”, que segue a linha e os moldes de Nova York. O prefeito da cidade norte-americana, De Blasio, anunciou em janeiro que não só está deixando de investir em combustíveis fósseis como também que entrou na Justiça contra as cinco principais petrolíferas – as multinacionais BP, Chevron, ConocoPhillips, Exxon Mobil e Royal Dutch Shell – sob o argumento de que elas provocam a tragédia climática que põe em risco a vida de muitos, e não movem uma palha para descontinuar o processo.

Pois os ambientalistas franceses querem a mesma coisa. O documento online que publicaram traz vários “considerandos”, e começa com a notícia de que os últimos dados de análise de temperatura global publicados em 18 de janeiro de 2017 pela Nasa e pela Columbia University, em Nova York, apontaram que 2017 foi o segundo ano mais quente desde o início das pesquisas termométricas (a série começa em 1880). E afirma sua solidariedade com a cidade de Nova York em sua política de alienação de combustíveis fósseis.

Continue lendo aqui.

Fonte: G1

FIQUE SABENDO DE NOSSAS NOVIDADES


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721