17 de junho de 2018

Compartilhar , , Google Plus , Pinterest ,

Imprimir

Posted in:

Alemanha: exportações de biodiesel chamaram a atenção em 2017

A Alemanha viu um aumento acentuado de suas exportações de biodiesel nos primeiros nove meses de 2017. A demanda da Dinamarca e da Grã-Bretanha também foram particularmente dinâmicas.

Entre janeiro e setembro de 2017, as exportações alemãs de biodiesel subiram 11% para 1,16 bilhão de toneladas (348 milhões de galões). Aproximadamente 94% desse volume foram enviados para países da União Europeia-28, montante 16% acima do ano anterior. O maior destinatário do biodiesel alemão foi a Holanda, com as importações atingindo um aumento de 1,5% para 428 milhões de toneladas. A demanda da Polônia continuou a subir fortemente, recebendo 189 milhões de toneladas, tornando o país o segundo maior comprador.

De acordo com informações publicadas pela Agrarmarkt Informations-Gesellschaft (mbH), muitos outros países da UE também aumentaram suas importações originárias da Alemanha. A Dinamarca aumentou suas importações em 183% para 78.146 toneladas, superando a França que caiu ao terceiro lugar. As exportações para a Grã-Bretanha atingiram 276%. A França, a Áustria e a Suíça também importaram claramente mais biodiesel em 2017 do que no mesmo período do ano anterior. Em contrapartida, as exportações para os EUA continuaram a diminuir, caindo 99,7% para 89 toneladas. Os motivos foram o foco político do país na produção doméstica a partir do óleo de soja e o euro firme que impulsionou os preços das commodities da UE em países que não utilizam a moeda.

Clique aqui para continuar a ler a publicação original em inglês.

Fonte: Biodiesel Magazine

Assine nossa newsletter e tenha acesso as principais notícias do setor


aprobio@aprobio.com.br
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1903 - Conj. 91 - Jd. Paulistano - 01452-911 - São Paulo - SP - Tel: 55 11 3031- 4721

Back to Top